[.sinaisdagente.]

Dicas para manejo de equinos

Cavalo não é vaca, mas ainda há muitas pessoas que teimam em fazer manejo de equinos da mesma forma que fazem o manejo do gado.
Na maioria das propriedades voltadas à criação de equinos, o mal mais comum que atormenta os proprietários, treinadores e tratadores é a cólica.
Todos os criadores já passaram por situações onde algum de seus animais sofreram com esse tipo de problema.
Normalmente, quem é indicada como culpada por desencadear esse problema é sempre a ração. Mas veremos que uma série de fatores pode levar a essas condições, que na maioria das vezes, erros simples e corriqueiros no manejo diário são os responsáveis por desencadear esse e outros problemas.
Mas antes é importante lembrar porque a nutrição de equinos é tão especifica e algumas diferenças no trato digestório guardam a chave para que fiquemos atentos a esses cuidados.
Os cavalos estabulados são suscetíveis aos vícios e ao estresse e por isso devem ser mantidos sob observação constante.
Equinos e o sistema digestório
Uma série de particularidades, no trato digestório de equinos, exige cuidados especiais para sua nutrição, ainda que a tropa seja criada a pasto.
Iniciando pela boca, umas das particularidades do equino é a altura de pastejo.
Equinos têm o hábito de pastejo muito rente ao solo. Ele seleciona os brotos e as folhas mais novas.
É muito comum em piquetes mal manejados, áreas com gramas mais altas e com excesso de pastejo, exatamente devido a essa seleção na hora de pastejar.
A dentição dos animais
Fator que precisa ser acompanhado periodicamente, é preciso avaliar se os dentes estão sem pontas grosseiras que possam estar machucando-o.
Caso seja necessário, deve-se chamar um profissional especializado para fazer essas avaliações e efetuar a correção.
Estômago
Outras duas particularidades no trato digestório de equinos estão no estômago, que é relativamente pequeno se comparado ao tamanho do cavalo e no intestino delgado, que apresenta uma taxa de passagem alta.
Esses fatores são relevantes, pois interferem no tempo de retenção do alimento. Isso é importante principalmente quando se refere ao fornecimento da ração.
Por isso, que se recomenda o fracionamento do seu fornecimento. Quanto mais fracionada, maior será seu aproveitamento e menor as chances de ser mal digerida quando chegar ao Intestino Grosso e fermentar.
“O manejo diário, seguindo a rotina com horários certos para o fornecimento da comida, treinamento, banho, entre outras ações, ajuda na redução do estresse de baia”.
O Intestino Grosso de equinos é onde ocorre a fermentação dos alimentos, neste compartimento acontece a degradação e o aproveitamento do capim realizada pelos microrganismos intestinais.
Essa simbiose é importante na nutrição equina e é a partir dela que equinos e bovinos possuem a capacidade de ser herbívoros. Nesse compartimento, uma das características é o grande volume hídrico.
Essa alta concentração de água no Intestino Grosso de equinos, entre outras funções, funciona como uma caixa d’agua, sempre que o animal precisa de água por alguma razão e não tem acesso a bebedouros. É nesse compartimento que ele irá retirar parte da água que precisa para manter-se.
Essas são apenas algumas das diferenças que os equinos apresentam. O que é importante lembrar é que tudo está interligado e pequenos erros de manejos podem influenciar em toda uma cadeia muito bem organizada e isso pode atrapalhar o desempenho de seu animal.

Erros comuns de manejo
Uma palavra é fundamental no dicionário de quem lida com cavalos: “rotina”.
Fazer o manejo diariamente, seguindo uma rotina com horários certos para o fornecimento da comida, para o treinamento, banho, entre outras ações, ajuda muito na redução do risco de distúrbios e até mesmo na redução do estresse de baia, além de ajudar a identificar quando algo não está bem com alguns dos animais.
O ditado: “É o olho do dono que engorda o gado” deve ser utilizado no manejo de equinos de forma cada vez mais atenta.
Mas não podemos deixar a rotina nos afetar e passar a exercer o trabalho de forma mecânica. Executá-lo desta maneira pode ser citada como a primeira ação para iniciar um manejo errado.
Deve-se tomar cuidado principalmente com animais mantidos em baias, que são susceptíveis aos vícios e ao estresse e por isso devem ser mantidos sob observação constante.
Quando realizamos o trabalho de forma mecânica, não observamos sinais claros que, muitas vezes, estão a nossa frente. Por isso, é sempre importante observar se os animais estão comendo, se estão ingerindo água e principalmente se estão com dor de qualquer tipo.
Cavalo com dor não come normalmente e tende a apresentar perda de peso.
Com relação à cólica, é extremamente importante deixar claro que há os mais variados tipos e que ela pode surgir a partir dos mais variados estopins.
1) Não fracionar o fornecimento de ração durante o dia
Devido ao estomago relativamente pequeno e a taxa de passagem alta no Intestino Delgado, quanto maior a quantidade de ração fornecida por refeição, pior é seu aproveitamento.
Fornecer volume grande de ração em uma única refeição reduz a eficiência da ação gástrica e a taxa de absorção dos nutrientes no Intestino Delgado.
As chances dessa ração mal digerida chegar ao Intestino Grosso, fermentar e criar um quadro de cólica é muito alta. Dessa forma, é extremamente importante ter em mente que, quanto maior for o volume de ração que você queira fornecer para seu cavalo, maior deve ser o número de vezes que deverá fracionar o seu fornecimento ao longo do dia.
O fornecimento de muita ração em uma única refeição reduz a eficiência da ação gástrica.
2) Não respeitar um período mínimo entre o fornecimento de ração e o fornecimento do feno
Após o fornecimento de ração deve-se aguardar um período de pelo menos uma a uma hora e meia para o fornecimento do feno. Isso porque o processo de digestão e a absorção dos nutrientes da ração, que deve ser realizada no Intestino Delgado, precisam de um tempo mínimo para ocorrer.
Quando fornecemos o feno (fibra), ele aumenta mais ainda a taxa de passagem neste compartimento e funciona como uma “vassoura”, arrastando todo alimento desse compartimento para o Intestino Grosso e aumentando o risco deste alimento fermentar e criar um quadro de cólica.
Após ingerir a ração deve-se aguardar um período de pelo menos uma a uma hora e meia para o fornecimento do feno.
3) Fornecer muita ração e pouca quantidade de feno
Como foi dito anteriormente, equinos são animais herbívoros e o feno deve fazer parte de sua vida.
A relação mínima e segura que deve haver entre o fornecimento da ração e do feno é de no mínimo 50/50. Ou seja, se o consumo diário por equino for de 4Kg de ração, seu consumo de feno deve ser no mínimo de 4kg ou mais.
4) Deixar o animal sem água por um longo período de tempo
Esse é um problema que parece tolo, mas que é muito frequente.
Como foi dito anteriormente o Intestino Grosso tem um grande volume hídrico e precisa dele para funcionar adequadamente.
Quando ele cai, isso pode influenciar de forma negativa em todo ecossistema intestinal.
Deve-se ter um cuidado especial com animais mantidos em piquetes com bebedouros que exigem ser enchidos manualmente.
Muitas vezes os animais derrubam os bebedouros, derramando toda a água e ficando por um longo período sem ela.
Isso pode ser prejudicial para o animal, principalmente em dias quentes e quando mantidos em piquetes não sombreados. Muitas vezes, o animal para de comer como reflexo do período sem água.
Os bebedouros automáticos são ótimos, pois se mantêm sempre cheios e facilitam a vida dos tratadores.
Contudo, atenção especial deve ser dada aos animais mantidos em baias e piquetes com esse tipo de bebedouro, pois deve-se observar se eles estão de fato consumindo água. Inúmeros fatores podem influenciar no consumo e observar essa alteração comportamental podem fazer a diferença, antes que algo mais grave aconteça.
Em alguns eventos é comum os competidores deixarem os animais por longos períodos presos a árvores ou trailers sem acesso a água. Sem a mínima noção de como isso pode ser prejudicial a eles.
Se seu cavalo não está aquecendo e nem competindo, deixe-o em um local adequado com acesso a água. Se esses animais foram mantidos em dietas hiperproteicas podem apresentar um quadro de desidratação ainda mais acelerada.
O consumo hídrico é um indicativo extremamente importante sobre a saúde de seu animal, pode ser um sinal claro de que algo não vai bem. Várias alterações podem influenciar no consumo de água, então é bom ficar muito atento a isso.
Animais adultos mantidos com dietas hiperproteicas, que não estão gestando ou amamentado e são mantidos com rações com teor acima de 14% de proteína bruta ou com feno de alfafa (principalmente) como única fonte de volumoso, apresentam um consumo hídrico maior e consequentemente produção maior de urina. Isso ocorre porque todo excesso, no caso a proteína, precisa ser excretada na urina.
Isso vai interferir de forma negativa para o animal, pois a tendência é de ter a baia sempre úmida e não é preciso nem relatar o quanto uma baia nesse estado pode ser ruim para seu cavalo. Além disso, essa excreção exige um gasto energético que poderia ser utilizada para melhorar o seu desempenho.
Em caso de dúvidas, consulte um zootecnista especializado em nutrição equina para verificar e até mesmo balancear a dieta.
5 – Animais soltos em piquetes com pastagens novas
É comum no início das estações de chuva alguns animais mantidos em piquetes apresentarem quadros de diarreia e até mesmo casos de cólica. Isso ocorre porque, como foi dito antes, os equinos selecionam os capins mais novos, quem contém em sua composição substâncias altamente fermentáveis, além de teor maior de proteína e água.
Para evitar esse tipo de ocorrência, deve ser organizado um esquema de entrada e saída de animais nos piquetes, padronizando-se uma altura de entrada, que pode variar em função da espécie forrageira.
Os casos citados acima são apenas alguns erros comuns, muitas vezes cometidos sem querer, mas que podem ser facilmente corrigidos no manejo diário. A principal ação é identificar onde está o erro no manejo e corrigi-lo.
Animais criados com foco nas competições, são e devem ser tratados como atletas.
Uma das recomendações para qualquer atleta é uma vida regrada, seja em sua rotina de trabalho quanto em sua rotina nutricional.
Ele não tem culpa se por alguma razão dormimos mal durante a noite e não respeitamos seu horário de alimentação e manejo.
A nutrição adequada dos equinos é extremamente importante para um bom desempenho em toda fase produtiva.
Escolha uma ração e um feno de boa qualidade para seus animais. Um bom resultado entra pela boca. Mas a nutrição não é tudo, ela é uma parte importante do todo.
Deve ser associada a uma rotina rigorosa de treinamento. Esse é o segredo para todo campeão.
Em caso de dúvida, consulte sempre um zootecnista especializado em nutrição equina, que poderá oferecer a melhor assessoria e esclarecer suas dúvidas com relação a melhor dieta e manejo nutricional para sua propriedade.

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/manejo-de-equinos/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]

7 dicas para manter seu cavalo saudável

Manter um cavalo saudável é desejo de qualquer pessoa que tenha ou lide com este animal magnífico no dia a dia.

Os cavalos são animais incrivelmente úteis para o trabalho no campo, para fins esportivos, (esportes equestres) ou mesmo para cavalgadas. São também animais fáceis de tratar e fazer amizade, sendo usados até mesmo em práticas terapeûticas.

Além disso, os cavalos podem ser criados com um grande potencial de produtividade e valorização na venda. Não importa de qual perspectiva se observe, não há forma de não amar os cavalos.

Mas, para que o animal viva bem e renda o máximo possível é fundamental que você que cria cavalos ou apenas possui alguns cavalos saiba como manter seu cavalo saudável.

Pensando nisso, separamos sete dicas de cuidados para cavalos que vão ajudar muito você nesta tarefa.

1# Alimentação adequada: primeiro passo para manter seu cavalo saudável
Fornecer alimentação adequada, balanceada e na quantidade certa é um ponto fundamental para quem deseja ter um cavalo saudável sempre.

Como qualquer outro ser vivo, cavalos precisam de uma nutrição balanceada e adequada. Que consiga fornecer a energia que precisa no dia a dia, além de preservar sua saúde, acelerar seu desenvolvimento e melhorar a produtividade.

Praticamente todo criador de cavalos sabe da importância disso, mas não são todos que entendem de nutrição ou da dieta adequada para seus cavalos.

Você que é apaixonado por cavalos e quer o melhor para seu companheiro deve seguir algumas regras e critérios a na hora de montar a dieta do seu cavalo.

Mas antes, leve em consideração a raça do animal, idade, peso do cavalo, do clima no qual ele está, do que está disponível localmente e o tipo de atividade que ele desempenha, ou seja entender as necessidades nutricionais do seu cavalo.

Em relação a oferta de alimento, é regra geral que ela deve ser administrada em pequenas quantidades ao longo do dia. Feno, grãos, sais, aveia e minerais devem ser distribuídos em uma dieta balanceada para a correta nutrição do cavalo.

Segundo André Cintra, que Médico veterinário, especialista em nutrição equina, o cavalo é um animal herbívoro, que se alimenta de vegetais, chamados de volumosos, ou ainda de “verde”.

André fala que o aparelho digestivo do cavalo possui particularidades onde são exigidos altos teores de fibras na dieta para que ele possua uma ótima digestão. As fibras são conseguidas através do volumoso que pode ser oferecido ao animal através de diversas formas (capim fresco, feno, silagem, cana-de-açúcar).

Deve também oferecer-lhe os complementos de uma alimentação (ração), para que possam atingir os níveis energéticos, protéicos, vitamínicos e minerais suficientes para suprir suas necessidades, mas sempre respeitando sua natureza e valorizando o volumoso.

Caso seja necessário, pode complementar as necessidades de cavalo utilizando suplementos nutricionais, como por exemplo probióticos, óleos vegetais, vitamínicos, minerais, energéticos, protéicos, etc.

Cada um deles tem sua especificidade e deve ser ofertado conforme a real necessidade do cavalo.

Porém, quando a alimentação do cavalo é feita com ração é fundamental que você fique atento e trabalhe com um especialista. Pois a ração deve ser aquela recomendada com base em análise das necessidades nutricionais do equino.

Mais de 95% das cólicas em cavalos são causadas por um mau manejo alimentar, que o homem impõe ao animal.

Para saber mais sobre alimentação para equinos, confira esta matéria com um guia completo.

1.1# Hidratação do animal
A água também deve ser fornecida em quantidades suficientes ao longo do dia para os equinos. E é importante que a água esteja fresca, limpa e sempre à disposição para consumo do animal.

2# Adote um programa de exercícios diários de acordo com a raça do seu cavalo e para qual fim vai usá-lo
É quase uma regra da Mãe Natureza que praticamente todos os seres vivos precisam de movimento e atividade.

Seres humanos, por exemplo, precisam de alguma atividade física diária para se manterem saudáveis. Por saudáveis pode ser entendido os estados onde o corpo possui um funcionamento geral ótimo. Que confere saúde, energia e boa disposição para o dia a dia.

Da mesma forma que as pessoas, cavalos também precisam de mais movimentos que os humanos para manterem a saúde.

A nossa segunda dica para manter um cavalo saudável é a de estabelecer e manter um regime diário de exercícios.

O tipo de exercício, bem como a intensidade, não são os fatores mais importantes aqui. O criador pode submeter o cavalo diariamente a um galope ou caminhada prolongada por uma trilha.

A intensidade dos exercícios pode variar conforme questões como o tipo de trabalho que o cavalo desempenha e o objetivo que quer atingir. Um cavalo de corrida, por exemplo, certamente terá que praticar exercícios que melhorem suas capacidades e, portanto, são naturalmente mais intensos.

Se você desejar, pode perguntar ao seu veterinário de sua confiança por exercícios adequados para a idade, peso e nível de atividade do cavalo.

3# Cuidados adequados com as patas do cavalo
As patas de um equino merecem uma atenção e cuidado especial na busca por manter um cavalo saudável.

As patas são uma área que simplesmente merecem um cuidado redobrado. Afinal, são elas que sustentam o peso do animal e precisam sempre estar em ótimas condições. O que pode ser alcançado com a prática de exercícios regulares que fortaleçam os músculos das patas.

Os cascos de um cavalo também precisam ser cuidados de forma diária e impecável. É importante avaliar sempre se o animal está com algum problema no casco, como a claudicação. E em caso positivo tomar as medidas necessárias para tratar deste e qualquer outro problema no casco que surgir.

Esses cuidados com o casco ajuda a manter o cavalo saudável pois previne problemas como infecções e dificuldades de locomoção.

4# Atenção ao tratamento dos pelos do cavalo
Já os pelos também precisam de uma atenção especial, ainda mais se você tem cavalos para competições ou exposições. Estes precisam de escovação diária, além da limpeza para manter boa higiene e aparência.

Para a escovação dos pelos do cavalo é recomendado utilizar uma escova dura, especialmente depois de cavalgadas. A escova dura causa, no pelo do cavalo uma sensação similar a de uma massagem. O que ajuda a liberar as tensões do animal, sem falar de eliminar a sujeira do pelo.

5# Vacinação em dia
Cavalos, assim como a maioria das criaturas vivas, são propensos a doenças infecciosas. E por isso, ter um cronograma de vacinação para equinos em dia é essencial para quem deseja manter seu cavalo saudável sempre.

A vacinação nos cavalos é importante para dar imunidade contra algumas doenças como:

Influenza: responsável por provocar gripes, dentre elas a H1N1. Adultos e éguas prenhes devem tomar a vacina anualmente. Já os potros precisam da 1ª dose após a desmama, e a 2ª dose depois de 30 dias da primeira aplicação;
Tétano: o tétano é um tipo de infecção que pode chegar a ser letal para o cavalo. Ela é causada pela toxina da bactéria Clostridium Tetani, que reside no trato gastrintestinal do animal. Mas que pode viver no ambiente por longos períodos de tempo, sob forma esporulada.
Cavalos também precisam de vacinação preventiva para evitar o problema. Adultos e éguas prenhes devem tomar a vacina anualmente. Potros devem tomar a 1ª dose após a desmama, e a 2ª dose depois de 30 dias da primeira aplicação.
Raiva: uma das principais causas de morte em equinos no Brasil. De acordo com o veterinário Gustavo Braune alerta que uma vez que o sistema nervoso de um animal com raiva foi atingido não há mais intervenção possível que possa tratar do cavalo.
Em cavalos adultos e éguas prenhes a vacina precisa ser dada anualmente, em potros é necessário vacinar com uma 1ª dose após a desmama e depois de 30 dias aplicar uma 2ª dose;
Encefalomielite: a encefalomielite é uma doença infectocontagiosa caracterizada por sinais neurológicos de perturbação da consciência, disfunções motoras e paralisia.
Adultos e éguas prenhes devem tomar a vacina anualmente. Já os potros precisam da 1ª dose após a desmama, e a 2ª dose depois de 30 dias da primeira aplicação.
Para realizar a vacinação em dia no seu cavalo — ou criação — é preciso ficar atento a dois pontos fundamentais. O primeiro é o de contar com o trabalho especializado de um veterinário de equinos.

Esse profissional será encarregado de acompanhar a vida do animal e assim recomendar e organizar o cronograma de vacinas do cavalo.

O outro ponto a observar é que a vacinação só pode ser feita com animais livres de parasitas. O que torna a vermifugação do cavalo um componente indispensável antes da vacinação.

6# Baias para cavalos confortáveis e seguras
O local onde o cavalo fica e descansa é também de extrema importância para a saúde do equino. Não existe forma de manter um cavalo saudável sem que ele tenha uma cocheira ou baia para cavalos cuidadosamente preparada.

A cocheira é um local que tem um papel muito maior do que o de proteger o cavalo do sol e da chuva. Ele precisa ser visto pelo criador ou mesmo proprietário de cavalos como um ambiente de descanso e de promoção de bem-estar e qualidade de vida para o animal.

Escolher a cama adequada para as baias de equinos sempre foi um desafio para os criadores e proprietários de cavalos, que, além de pensar no conforto para o animal, tem que levar em conta o custo e a disponibilidade do material, manutenção e facilidade de limpeza das baias.

Uma solução que tem sido utilizada há mais de vinte anos no Brasil é instalação dos estrados de borracha Vedovati nas baias como camas.

A baia é a casa do cavalo, e ela precisa estar limpa e ser capaz de oferecer o conforto que o equino necessita.

A baia/cocheira do cavalo precisa ser capaz de proporcionar ao menos uma modesta movimentação para que o animal não se estresse, a definição da dimensão deve levar em conta a raça e o porte do cavalo, mas um tamanho de baia muito utilizado é de 4,00 x 4,00 m. Também precisa ter vantagens para os cavalos que não são movimentados de forma regular ou que possuem movimentação insuficiente.

Também é recomendado que haja espaço adequado para o fornecimento de comida e água para o animal dentro da baia.

Por fim, ainda é preciso que o criador se atente a necessidade de que a baia tenha um piso adequado para maximizar o conforto do cavalo.

E por falar em piso para baias de cavalos, continue lendo para saber mais sobre esse componente fundamental para a criação de um cavalo saudável.

7# Cama adequada e de alta qualidade para equinos
Ninguém em sã consciência gostaria de dormir em um colchão duro, sujo e que pode causar danos a saúde, certo?

Pois é, mas infelizmente é isso que muitos criadores fazem com os seus cavalos nas baias. E o pior disso é que muitos deles ainda esperam ter um cavalo saudável. O que simplesmente não é possível sem que haja uma cama de borracha adequada na baia.

Existem diversos tipos de camas e pisos para baias de cavalos. Mas é comprovado que as camas de borracha (emborrachados) são os melhores para baias de cavalos.

Uma boa cama de borracha consegue oferecer tudo o que um cavalo precisa para ter conforto em sua baia na hora de descansar.

Esse tipo de piso é antiderrapante, o que evita possíveis escorregões e quedas que geram estresse e lesões ao animal. Problemas nos cascos de um cavalo também podem ser evitados com o uso deste tipo de piso.

Importante, o termo piso de borracha é usado popularmente, no entanto não é adequado ao falar de camas e estrados de borracha. A cama de borracha vai em cima do piso convencional da baia. Ou seja, o estrado de borracha é instalado sobre o contrapiso da baia da cocheira do cavalo.

As camas e estrados de borracha também são de fácil limpeza e evitam o acúmulo de urina e mau-cheiro, desde que a baia tenha um ralo para drenagem e caída/desnível para o ralo (não pode ter um ralo em canto da baia e a urina escorrer para outro lado, não pode ficar urina empossada).

Além disso, previne possíveis doenças respiratórias cujo outros tipos de camas, como como serragem, maravalha, casca de arroz desenvolvem.

O que gera economia de custo em medicamentos, além do melhor que é dar mais saúde e qualidade de vida para o animal.

7.1# Como deve ser instalada uma cama de borracha (estrado de borracha) para cavalos e os cuidados para ter sucesso
Existe algumas condições ou pré requisitos para se instalar a cama de borracha Vedovati nas baias/cocheiras para seu cavalo.

A primeira condição para usar a cama de borracha para seu cavalo é que ela tenha um piso de cimento, ou seja não pode ser ter terra batida com aquele sistema de filtro (brita,areia e carvão) pois a baia com a cama de borracha lava-se com frequência e se ela for de terra vai encharcar;
A segunda condição é a baia/cocheira ter um ralo para drenagem, o ralo pode ser no centro da baia ou em canto;
E por último, um cuidado muito importante para instalar a cama/estrado de borracha Vedovati nas baias para seus cavalos com sucesso, é que o piso deve ter um caimento adequado, ou seja precisa de um caimento (desnível) entre 1,5 e 2,5% em direção ao ralo. Assim, se sua baia/cocheira tem 4,00 x 4,00 m, com um ralo para drenagem no centro da baia, quer dizer que o ralo precisa ser mais baixo 4 centímetros que as laterais da baia (calculando com 2% de queda).
O caimento do piso da baia/cocheira deve ser feito durante a construção das baias, e deve ser projetado de forma a criar um ângulo de inclinação no piso da baia/cocheira, que deve ser feito na direção do ralo, o que vai proporcionar o escoamento da urina, evitando que fique empoçada e cause mau cheiro.

Além deste ângulo, é importante que o sistema hidráulico (tubulação) possua um diâmetro adequado para escoamento da água sem que ela fique empoçada na baia.

O que fazer para arrumar o caimento de água do chão da baia/cocheira. A seguir 3 passos para arrumar o caimento de água da baia:

1. Verificação da inclinação

Quando a água fica empoçada na baia, o primeiro passo é verificar se o ângulo de inclinação do piso foi construído de forma adequada, o que pode ser feito com o uso de uma régua de nível.

2. Tubulação do escoamento

Em seguida é necessário verificar se a tubulação tem um diâmetro ideal para escoamento da água (mínimo de 100 milímetros, ideal de 150 milímetros), e se não há entupimentos na rede de , o que pode causar retorno da água/urina na cocheira.

3. Profissional para conserto

Depois de identificado o problema será necessário corrigi-lo com a contratação de um profissional especializado na área (um bom pedreiro), que terá que poderá remover o piso da baia para fazer outro com o ângulo de caimento ideal, e também substituir o sistema hidráulico caso seja necessário.

Estando ok esses pré-requisitos, você pode instalar a cama de borracha Vedovati diretamente sobre o piso de cimento.

É importante ressaltar que as camas de borracha, são as mais recomendadas para baias por um simples motivo. As camas tradicionais para baias acumulam umidade e por mais cuidadoso que seja o tratador sempre haverá umidade na baia, e portanto um maior risco de problemas nos cascos.

Outro problema comum das camas tradicionais (serragem, maravalha, casca de arroz, palhas, etc) é que vem com muito pó que podem causar alergias ao cavalo.

Outro detalhe muito importante é a limpeza da cama do cavalo, que precisa estar sempre em dia. Dentre todas as opções possíveis no mercado, as camas/estrados emborrachados são os mais fáceis de fazer a limpeza.

Dando uma boa cama/estrado de borracha na baia/cocheira do seu cavalo, boa parte dos problemas são resolvidos e é o caminho para ter um cavalo saudável já foi trilhado.

E se você deseja saber mais sobre e cama de emborrachadas para baias só precisa conferir o link abaixo..

➥ Quero saber mais sobre pisos emborrachados para baias e melhorar a saúde e qualidade de vida dos meus cavalos

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/7-dicas-para-manter-seu-cavalo-saudavel/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]

Parecer Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia recomenda fortemente a não-utilização da cloroquina/hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19 com as evidências atuais



Na íntegra:
Parecer Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) sobre a utilização da Cloroquina/Hidroxicloroquina para o tratamento da COVID-19
A COVID-19 é uma infecção causada pelo vírus SARS-CoV-2 que pertence ao subgrupo B do gênero Betacoronavirus da família Coronaviridae. A infecção humana provavelmente foi causada pela transmissão de um vírus circulante em espécies animais, possivelmente morcegos ou pangolins. Entretanto, até o momento ainda não está completamente demonstrado a via de contaminação humana, e a comunidade científica está ativamente estudando como esta zoonose acometeu a espécie humana. O primeiro caso humano relatado ocorreu na província de Wuhan na China em 30 de dezembro de 2019. Devido ao alto grau de transmissão, principalmente por contato entre pessoas, este vírus rapidamente disseminou em todo o mundo, sendo que a Organização Mundial de Saúde (OMS) determinou emergência mundial de saúde em 30 de janeiro de 2020.
A COVID-19 teve seu primeiro caso no Brasil confirmado em 25 de fevereiro de 2020 e desde então o número de casos vem crescendo, sendo motivo de preocupação para as autoridades de saúde pública. A atualização diária do Ministério da Saúde mostra nesse momento, 18 de maio de 2020, que o Brasil está com mais de 240 mil casos comprovados de pessoas infectadas e de 16 mil óbitos registrados, apresentado mais de 10 mil casos diários de novos casos com uma taxa de cerca de 800 óbitos por dia. Estes dados demonstram que o Brasil continua com uma curva crescente de infecção da sua população, caracterizando esta como uma emergência sanitária ainda não controlada. Neste momento, o Brasil é o quarto país em número de casos de COVID-19, e estudos em andamento sugerem que esse número está subestimado.
Os sintomas mais comuns da COVID-19 são febre, tosse e dificuldade respiratória, podendo evoluir para quadros de pneumonia. A evolução da COVID-19 tem um amplo espectro de apresentação clínica desde a infecção assintomática a sinais de uma gripe comum. Uma fração dos pacientes pode evoluir para quadros mais graves, que requerem internação e suporte intensivo, incluindo ventilação mecânica, com uma taxa de letalidade estimada que varia entre 0,7 a 14% dos casos relatados. Deve ser ressaltado que no momento não existe conduta definida de tratamento para os casos mais graves, embora seja consenso que a primeira fase da doença cursa com o início de intensa replicação viral, enquanto os pacientes com evolução para uma segunda fase que envolve uma resposta imune inflamatória desregulada, são os que apresentam quadros pulmonares e respiratórios mais graves, frequentemente associados a fenômenos trombóticos. A doença pode, em alguns indivíduos, evoluir para um comprometimento vascular sistêmico e chegar à falência múltipla de órgãos, apresentando risco elevado de óbito.
Apesar de ser uma doença que foi descrita recentemente, a COVID-19 recebeu atenção especial da comunidade científica mundial que se mobilizou em intensa atividade de pesquisa responsável, em um curto período de tempo, por descobertas sobre o seu agente causador e o ciclo biológico do vírus, as vias de transmissão, os principais mecanismos fisiopatológicos e métodos diagnósticos. Além disso, a avaliação de possíveis novas terapias, assim como o reposicionamento de fármacos, têm sido alvo de intensa investigação científica, sendo uma das principais prioridades da comunidade científica mundial. Entretanto, deve ser ressaltado que até o momento não foi descrita nenhuma terapia efetiva para o tratamento da COVID-19 que tenha bases sólidas com resultados cientificamente comprovados.
Muitas possibilidades de estratégias profiláticas e terapêuticas têm sido investigadas, como a utilização de fármacos antivirais, fármacos que atuam no bloqueio da entrada do vírus na célula alvo, imunoterapias que utilizam anticorpos monoclonais neutralizantes e transferência de plasma hiperimunes de pacientes convalescentes, desenvolvimento de vacinas, dentre outras.
Uma das estratégias terapêuticas que tem sido testada para a COVID-19 está baseada na utilização da cloroquina ou de seu análogo farmacológico hidroxicloroquina. Esses dois fármacos fazem parte de uma classe de medicamentos denominada aminoquinolinas. Esses fármacos têm indicação terapêuticas em algumas doenças, principalmente em malária e doenças reumáticas, como lupus eritomatoso sistêmico e artrite reumatoide. Ambos os fármacos têm descrição de efeitos adversos como retinopatias, hipoglicemia grave, prolongamento QT (que se relaciona com alteração da frequência cardíaca) e toxidade cardíaca, sendo exigido contínuo monitoramento médico dos indivíduos em uso da cloroquina ou hidroxicloroquina.
A escolha desta terapia, ou mesmo a conotação que a COVID-19 é uma doença de fácil tratamento, vem na contramão de toda a experiência mundial e científica com esta pandemia. Este posicionamento não apenas carece de evidência científica, além de ser perigoso, pois tomou um aspecto político inesperado. Nenhum cientista é contra qualquer tipo de tratamento, somos todos a favor de encontrar o melhor tratamento possível, mas sempre com bases em evidências científicas sólidas. Baseado nessas evidências, a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) analisou os estudos sobre o tratamento com cloroquina e/ou hidroxicloroquina na COVID-19 e traz aqui um resumo das bases científicas que estão disponíveis até o momento.
Em relação à sua utilização na COVID-19, um dos primeiros estudos com proposta terapêutica para essa infecção mostrou que a associação entre hidroxicloroquina e azitromicina levava a uma diminuição da carga viral em pacientes tratados com esses dois fármacos (Gautret et al., 2020). Entretanto, esse estudo apresenta um grupo muito restrito de pacientes, com um total de 36 pacientes avaliados em 3 braços de tratamento, sendo uma amostragem pequena e sem grupo controle para comprovar qualquer resultado definitivo.
Mais recentemente, diferentes estudos com avaliação do uso da cloroquina/hidroxicloroquina em grupos mais abrangentes de pacientes foram publicados. Em um estudo retrospectivo multicêntrico de coorte, foram avaliados 1438 pacientes com confirmação laboratorial de infecção por SARS-CoV-2 admitidos em 25 hospitais (Rosenberg et al., 2020). Nesse estudo foram avaliados 4 braços de tratamento, hidroxicloroquina e azitromicina, hidroxicloroquina, azitromicina e sem uso desses dois fármacos. Inicialmente esse estudo mostrou que os pacientes que receberam hidroxicloroquina e azitromicina apresentaram uma maior incidência de falência cardíaca quando comparado com o grupo sem tratamento (Rosenberg et al., 2020). Além disso, esse estudo também mostrou que não houve nenhuma melhora significativa quanto à mortalidade quando foram avaliados os grupos de pacientes que receberem hidroxicloroquina, azitromicina ou ambos os fármacos em associação em comparação com o grupo sem tratamento (Rosenberg et al., 2020).
Em outro estudo observacional em pacientes hospitalizados com COVID-19 foram avaliados 1376 pacientes (Geleris et al., 2020). Nesse estudo os pacientes foram avaliados quanto a necessidade de intubação orotraqueal e óbito em 2 braços, com ou sem tratamento com hidroxicloroquina. Esse estudo mostrou que a introdução do tratamento com hidroxicloroquina não foi associada com a diminuição ou aumento do risco de intubação ou óbito quando comparado com os pacientes que não receberam esse fármaco (Geleris et al., 2020). Entretanto os autores ressaltam que estudos randomizados são necessários para uma melhor conclusão quanto a eficácia dessa terapia.
Uma das principais críticas em relação aos estudos referidos anteriormente é que muitos dos pacientes avaliados estavam em estado grave quando receberam esses fármacos. Recentemente foram avaliados pacientes com COVID-19 moderada em estudo multicêntrico controlado randomizado (Tang et al., 2020). Nesse estudo foram avaliados 150 pacientes em dois braços, com ou sem tratamento com hidroxicloroquina, mostrando que não houve diferença quanto à evolução dos pacientes que usaram ou não esse fármaco, mas vários efeitos adversos relacionados ao uso de hidroxicloroquina foram relatados nos pacientes em uso desse medicamento (Tang et al., 2020). Corroborando esse estudo, Mercuro e cols. (2020) mostraram, em um estudo de coorte de 90 pacientes com COVID-19, que os indivíduos em uso da hidroxicloroquina tiveram um risco aumentado de apresentar um prolongamento do intervalo QT. Além disso, em estudo randomizado com pacientes graves com COVID-19, a utilização de alta dose de cloroquina como tratamento único ou em associação com azitromicina ou oseltamivir, não foi recomendado devido a segurança farmacológica relacionada com o prolongamento do intervalo QT e letalidade (Borba et al., 2020).
Baseados nas evidências atuais que avaliaram a utilização da hidroxicloroquina para a terapêutica da COVID-19, a Sociedade Brasileira de Imunologia conclui que ainda é precoce a recomendação de uso deste medicamento na COVID-19, visto que diferentes estudos mostram não haver benefícios para os pacientes que utilizaram hidroxicloroquina. Além disto, trata-se de um medicamento com efeitos adversos graves que devem ser levados em consideração. Desta forma, a SBI fortemente recomenda que sejam aguardados os resultados dos estudos randomizados multicêntricos em andamento, incluindo o estudo coordenado pela OMS, para obter uma melhor conclusão quanto à real eficácia da hidroxicloroquina e suas associações para o tratamento da COVID-19. Estudos multicêntricos prospectivos com uma maior abrangência amostral e desenhados de forma randomizada e duplo-cego são necessários para diminuir o viés de interpretação dos resultados obtidos para prover a comunidade científica e médica do suporte necessário para conclusões definitivas sobre a utilização da hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19.
Deve ser ressaltado que o investimento na pesquisa de outras possibilidades terapêuticas também deve ser priorizado para que tenhamos um maior número de terapias com potencial efetivo no tratamento da COVID-19. Sendo que até que tenhamos vacinas efetivas e melhores possibilidades terapêuticas comprovadas para o tratamento dessa doença, o isolamento social para conter a disseminação do SARS-CoV-2 ainda é a melhor alternativa nesse momento. Dados colhidos em vários países do mundo mostram que esta é a única medida efetiva para desacelerar as curvas de crescimento dessa infecção.
Finalmente, a SBI se solidariza com as famílias dos entes queridos que são perdidos todos os dias, e compreende a urgência e a ansiedade para se conseguir uma vacina ou tratamento eficaz que freie a terrível escalada de mortes ao redor do mundo. Como uma das sociedades científicas líder no Brasil, à frente das pesquisas sobre COVID-19, subscrevemos o recente editorial de uma das mais importantes revistas médicas no mundo, The Lancet (2020). Reforçamos que o engajamento da sociedade brasileira é fundamental para superar a grande crise sanitária que estamos vivendo e que a condução para as soluções devem ser fundamentadas em bases científicas multidisciplinares sólidas, como uma política de Estado.
Assinam este documento os pesquisadores integrantes do Comitê Científico e Diretoria da Sociedade Brasileira de Imunologia. São eles:

Comitê Científico
João Viola (Presidente)
Alexandra Ivo de Medeiros
Ana Caetano de Faria
Claudia Brodskyn
Cristina Bonorino
Daniel Mansur
Daniel Mucida
Fernando Cunha
Gustavo Menezes
Helder Nakaya
Jean Pierre Peron
João Marques
Jorge Kalil
Manoel Barral Netto
Patricia Bozza
Pedro Vieira
Renata Pereira
Diretoria
Ricardo Gazzinelli (Presidente)
Karina Bortoluci
Cristina Cardoso
Dario Zamboni
José Alves Filho

Bibliografia:
Borba et al. Effect of high vs low doses of chloroquine diphosphate as adjunctive therapy for patients hospitalized with severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) infection: A randomized clinical trial. JAMA Netw Open. 3:e208857, 2020.
Gautret et al. Hydroxychloroquine and azithromycin as a treatment of COVID-19: results of an open-label non-randomized clinical trial. Int J Antimicrob Agents. 2020 [Epub ahead of print].
Geleris et al. Observational study of hydroxychloroquine in hospitalized patients with Covid-19. N Engl J Med. 2020 [Epub ahead of print].
Mercuro et al. Interval prolongation associated with use of hydroxychloroquine with or without concomitant azithromycin among hospitalized patients testing positive for coronavirus disease 2019 (COVID-19). JAMA Cardiol 2020 [Epub ahead of print].
Rosenberg et al. Association of treatment with hydroxychloroquine or azithromycin with in-hospital mortality in patients with COVID-19 in New York State. JAMA 2020 [Epub ahead of print].
Tang et al. Hydroxychloroquine in patients with mainly mild to moderate coronavirus disease 2019: open label, randomised controlled trial. BMJ 369:m1849, 2020.
The Lancet. COVID-19 in Brazil: “So What”. Lancet 395:1461, 2020.31095-3/attachment/c424a26a-9642-469b-b1f3-431955b25a54/mmc1.pdf)
submitted by pedceron to coronabr [link] [comments]

Não consigo me manter apegado (a pessoas, coisas, ideias...)

Minha cabeça é meio bagunçada, então já peço desculpas antecipadamente pelo texto meio perdido hahaha.
Sou homem, atualmente com 30 anos, e tenho uma dificuldade enorme de me manter apegado a algo ou a alguém.
No âmbito de relacionamentos lembro que durante o ensino médio eu tinha meu grupo de amigos e a gente tava sempre junto, saía de fim de semana, ia viajar nalgum feriado prolongado... Mas o tempo foi passando e, uns dois anos depois de terminado o ensino médio e perdermos aquele contato diário, comecei a "cansar" deles. A gente ainda saía umas 3 vezes por mês, mas cada vez eu tinha menos vontade praquilo, tava sempre arrumando uma desculpa pra não ir, não procurava mais eles (só falava com alguém se viessem falar comigo antes), até que chegou num momento em que eles me procuravam cada vez menos e finalmente largaram mão de mim. Isso foi há uns 10 anos e eles foram meus últimos amigos de verdade (de lá pra cá tive apenas colegas).
Ainda nos relacionamentos, agora amorosos, tive minha primeira namora de verdade (as outras foram aquelas namoradinhas não tão sérias) na faculdade. Nunca fui o pegador (muito pelo contrário, quando eu arranjava alguém eu já me apaixonava e ficava com ela por uns meses), até por não ser uma pessoa que leva muito jeito na conquista (não sou tímido, converso com todo mundo, mas se for alguma garota por quem estou afim eu travo), mas sempre quis experimentar essa vida (talvez por não ter tido essa experiência e vê-la como algo maravilhoso eu tenha alguns dos problemas nos relacionamentos amorosos que vou relatar a seguir). Vejo uma mulher que me atrai e dou aquela acompanhada com o olho, fico "analisando o material" (não levem pro lado machista da coisa), dou umas fantasiadas... Não chega a ser aquela coisa nojenta de enfiar a mão na calça ou ficar secando a mulher e lambendo os beiços, e obviamente eu tento disfarçar, mas eu dou sim uma boa conferida. Fico imaginando como seria minha vida de pegador, dormindo cada noite com uma, passando um fim de semana com alguma que me agradasse mais... Mas quando começo a namorar tudo isso some - eu só tenho olhos pra minha namorada, me entrego totalmente, sou super disposto quando vamos nos encontrar (normalmente sou meio preguiçoso, de modo a preferir ficar na cama a sair pra passear)... Posso até reparar que outra mulher é bonita, mas não passa disso, de uma mera constatação (assim como posso olhar pra um homem e pensar "esse cara é bonitão" sem que isso signifique que quero pegar ele, ou pensar "que cachorro fofinho" sem querer adotá-lo), não rola qualquer olhar mais prolongado, qualquer fantasia... Até aí maravilha, acho isso até bom já que estou num relacionamento sério e ficar desejando outras não seria saudável pra mim ou pro relacionamento. Acontece que com o passar dos meses eu vou "enjoando" daquele namoro, parece que vira uma obrigação - eu continuo super apaixonado pela minha namorada, mas eu simplesmente começo a não ter mais saco pra ter que sair de casa e ir encontrá-la; junto disso começa a voltar aquele desejo por outras. E aí já não tô mais feliz, sinto que o namoro já deu o que tinha que dar e termino. Já reparei que isso começa uns meses depois que a gente começa a ter uma vida sexual mais ativa (e como costumo namorar "meninas de família" isso costuma levar uns meses), até por isso penso que talvez seja uma "programação biológica" no sentido de passar os genes adiante (apesar de essa parte em especial não rolar graças à camisinha hahaha), de modo que depois que o "objetivo é cumprido" meu organismo não manda mais os mesmos sinais que me faziam querer ficar com aquela pessoa (como se toda aquela paixão fosse só um meio de me fazer chegar no objetivo sexo). Quando termino eu penso comigo "não vale a pena, é sempre a mesma coisa - me apaixono, namoro, me dedico pra caramba só pra depois de um tempo eu me cansar daquilo e terminar tudo" e decido que não vou mais perder tempo com namoros. E aguento bem nessa, fico uns dois anos de boa com isso, até que começa a bater uma puta carência e acabo entrando num novo namoro.
Meu último namoro terminou deve ter 3 anos e até recentemente eu tava de boa com mais uma das minhas decisões de "vou ficar sozinho, é mais fácil assim", mas nessa última semana já começou a bater aquela vontade mais forte de ter um contato mais íntimo com alguém. Normalmente quando vem esse desejo (não confundir com o mero tesão) eu bato uma punheta e tá resolvido, a vontade passa (até por isso acho que o meu desejo de ficar com alguém seja mais sexual/"evolutivo" do que afetivo), mas têm vezes que não, eu bato uma, duas, três e continuo com aquele desejo de "eu quero uma namorada" e já começo a fantasiar sobre como seria a namorada perfeita, como a gente se conheceria, como seria a nossa vida juntos... Esses três últimos dias foram assim.
Importante notar que justamente por isso eu não pretendo ter filhos - além da quebra obrigatória na rotina (coloco o "obrigatória" aqui porque não vejo nenhum problema em quebrar a rotina, desde que isso parta única e exclusivamente de mim) fico pensando se um dia eu simplesmente "enjoar" deles, sem contar que quando a gente ama alguém a gente se preocupa com aquela pessoa, acaba fazendo por elas coisas que não queria ter que fazer... (já percebi que eu quero viver pra mim, que sou uma pessoa egoísta). É como diz a música:
Why can't we give love that one more chance?
[...]
'Cause love's such an old fashioned word And love dares you to care for The people on the edge of the night And love dares you to change our way of Caring about ourselves
Sério, por mais triste que possa ser dizer isso (e me sinto péssimo quando penso nesse tipo de coisa) eu sinto que minha vida seria muito mais fácil se eu não tivesse família, já que eu os amo e me preocupo com eles e isso me impede de levar a vida 100% a minha maneira, de me isolar...
Tenho esse problema de "apego" também com estudos - quando eu tava no colegial não queria nada com nada, acabei fazendo direito porque no meu meio a "sequência natural" do ensino médio é a faculdade e por achar que dos cursos existentes essa era o tinha mais a ver comigo (ledo engano). No começo eu tentava estudar bastante, comprei várias doutrinas e tudo o mais, mas realmente não era pra mim (esse é um curso que eu realmente me arrependo de ter começado). Uns anos depois abandonei e parti pra biologia. Gostei bastante do curso e no começo, novamente, eu estudava bastante, mas com o passar dos semestres ia dando aquela desanimada e eu estudava cada vez menos. Mesmo assim terminei o curso, e desse eu não me arrependo (se é pra ter algum arrependimento é de não ter feito ele logo de cara e de não ter me empenhado mais). Entretanto, durante o curso eu tive muito contato com a galera da licenciatura (fiz bacharel), até porque as turmas eram juntas, e assim que terminei o curso de biologia parti pra pedagogia (eu queria trabalhar com crianças). Assim como no direito eu tinha uma visão bem fantasiosa de como era a área e acabei não durando muito no curso (esse tá fazendo companhia ao direito na sessão de "cursos que me arrependo de ter começado" [afinal representa um tempo perdido]).
Não sei, às vezes parece até que é um mecanismo de autossabotagem (ou autopreservação), como se sempre que eu fosse começar a ficar mais por conta própria, crescer na vida, ter mais responsabilidades, eu desse um jeito de protelar aquilo e voltar à zona de conforto.
Atualmente tô prestando concursos na área de biologia e logo começo em um (apesar de continuar estudando pra ver se passo em algum melhor - de vez em quando eu pego firme nos estudos, sinto que tô aproveitando bem, mas aí de repente dá um desânimo e largo mão) - quero só ver como será, se conseguirei dar o meu melhor e me empenhar como eu gostaria ou se minha cabeça vai dar um jeito de me sabotar e se eu cederei (apesar de eu achar extremamente difícil, já que estarei ganhando dinheiro [um salário que não é bom mas também tá longe de ser ruim], poderei ir morar sozinho, colocar em prática meus planos de juntainvestir um dinheiro e talvez daqui a 30 anos ir morar no campo, viver de renda, totalmente por conta própria...
Outro problema é que eu tô constantemente mudando - às vezes eu quero uma coisa, num outro momento quero outra completamente contrária. Pra exemplificar, quando paro pra pensar em "como seria a vida perfeita" pra mim eu tenho várias versões - em uma eu encontraria uma mulher perfeita, nos apaixonaríamos e viveríamos juntos e felizes para sempre; em outra eu seria o solteirão pegador que "pega e não se apega", que vive viajando pelo mundo; numa terceira inventariam um MMORPG fodão (imagina algo em realidade virtual com conexões neurais, de modo que parece que você realmente tá ali) e eu passaria o dia jogando; e assim por diante, se aparecesse um gênio agora e dissesse "você pode escolher a vida que você quiser e ela será sua" eu sinceramente não saberia escolher.
Obs.: ao falar de "arrependimento" e "tempo perdido" eu entendo que essas experiências me ajudaram a ser quem eu sou hoje, pode ser que sem elas as outras experiências que hoje eu gostei não tivessem sido tão proveitosas (ou mesmo estivessem nessa categoria de "me arrependo") justamente porque eu não tinha a maturidade que elas me deram. De qualquer forma é difícil deixar de pensar em como eu gostaria de não ter perdido tanto tempo com elas.
Mais alguém aqui tem esse tipo de problema? Alguma ideia de como resolver?
submitted by novadulto to desabafos [link] [comments]

nerd zé droguinha fodase k k k

OBS: fiz esse texto com o objetivo de recapitular esses últimos meses conturbados na qual minha vida mudou completamente e acabou ficando um texto gigante, então não espero que alguém leia (até eu to com preguiça de ler isso).

Desde os meus 12 anos fui um clássico adolescente fracassado. Ficava praticamente o dia inteiro no computador e só saia para comer ou fazer algo que era obrigado, na escola só falava com uns três amigos mesmo que tenha ficado na mesma turma desde o primeiro ano do fundamental e no Whatsapp não falava com praticamente ninguém. Porém antes eu não era assim, dava pra se dizer que eu era uma pessoa até que normal, mesmo que desde pequeno não tinha muitas habilidades sociais e sempre fui introvertido. Até que conversava com algumas pessoas na escola, saia para dar rolê pelo bairro, praticava esportes e essas coisas. Tudo começou a mudar quando meu tio morreu e isso desestabilizou toda a minha família, comecei a sofrer bullying na escola e coincidentemente conheci a pornografia.
Então minha rotina se tornou acordar praticamente na hora do almoço, ir para a escola esperando a hora de voltar para casa e quando chegava em casa ficava no computador jogando algo, vendo vídeos fúteis no youtube ou consumindo pornografia, que acabou se tornando um vício diário. Depois eu ia dormir umas duas horas da manhã e este ciclo se repetia sempre, raramente mudava. Isso foi até meus 15 anos, quando entrei pro ensino médio e comecei a estudar de manhã, então eu pelo menos acordava cedo e não ia dormir extremamente tarde. Porém os vícios somente mudaram de hora, pois eu chegava do colégio e ficava praticamente o resto do dia inteiro no computador. Na nova turma demorei praticamente dois meses para começar a socializar de fato, eu só ficava calado no meu mundinho esperando a hora de voltar para casa.
Minha relação com as mulheres também não era muito boa, eu tinha fucking 15 anos e ainda não tinha nem beijado. Não foi por falta de oportunidades, pois minha aparência até que é boa e eu não era um beta completo que não consegue nem falar com mulheres. Tinha perdido todas as oportunidades quando criança e quanto mais o tempo passava menos elas surgiam, até que chegou a um ponto que elas nem apareciam mais e eu tava tão imerso na minha zona de conforto que nem tinha vontade de criar as oportunidades e ir atrás de mulheres. Acho que não dava nem pra se dizer que eu era um beta, creio que cheguei abaixo desse nível pois eu nem chegava a tentar.
Até que aconteceu algo que mudou tudo. Uma colega minha tinha criado um grupo de umas pessoas que sentavam próximas na sala de aula e como eu falava um pouco com ela me colocou também. Nesse grupo ela também tinha colocado uma guria que tinha me chamado a atenção desde o inicio das aulas, pois ela tinha tanto uma aparência quanto um estilo diferenciados e ao mesmo minimalista, nada muito vulgar. Por esse grupo a galera falava mais sobre algumas coisas da aula mesmo, pois a maioria ainda tava se conhecendo. Eu até que interagia um pouco nesse grupo, pois tinha percebido que não interagia com praticamente ninguém da turma em mais ou menos 2 meses de aula. Até que um dia por causa de um trabalho que uma professora tinha dado entramos no assunto de pirâmide e eu sempre me interessei por tal assunto, e é aí que tudo começa.
A conversa foi rolando e chegou uma hora que só ficou eu e aquela moça que eu tinha me interessado conversando. E, namoral, fazia tempo que eu não tinha uma conversa tão boa, fluía muito bem tanto que começou no assunto de pirâmides e quando vê estávamos falando sobre brócolis (???). Mas o que chamou minha atenção foi que ela tinha umas ideias meio diferentes, curtia falar sobre coisas alternativas (tanto que a conversa começou com pirâmides e ETs) e isso também chamou a atenção dela, pois ela mesmo disse que se interessava muito sobre essas coisas e que nunca tinha ninguém para falar sobre. (exemplos de "coisas alternativas": ETs, filosofia, sociedades secretas, teorias, leis universais, espiritualidade, arte, geometria sagrada, etc.)
As ideias fechavam tão bem que em praticamente dois dias eu já tava apaixonado (modo beta ativado KKKK). Antes disso eu achava que já tinha me apaixonado, mas nenhum sentimento que eu já tinha tido por alguém chegava perto daquilo. Com isso, comecei a refletir sobre a minha vida e cada vez mais eu me ligava que eu era um lixo, não merecia ela e nem conseguiria a conquistar. Então comecei a usar a motivação que a paixão me proporcionava para meu auto-desenvolver.
Aí comecei a pesquisar no youtube diversos canais sobre desenvolvimento pessoal e ficava grande parte do tempo vendo eles, comecei a praticar no-fap (mesmo sem saber o que era, fui descobrir depois de começar a praticar) logo depois comecei a ler livros, me exercitar, cheguei até a tomar banho gelado e ficava muito menos tempo no computador. Também via muitas coisas sobre conquista e sedução, porque eu não tinha muita experiência com mulheres e queria usar de todas as ferramentas para conseguir ficar com ela.
Até ai tudo bem, estava me sentindo vivo depois de tanto tempo vivendo com um sentimento de vazio, estava com motivação para melhor como pessoa, tinha encontrado alguém que se interessava pelas mesmas coisas que eu, etc. Maas tudo têm dois polos e isso não é diferente. Como conversava com ela praticamente todo dia, acabei me viciando nela e isso virou meio que uma droga, pois quando eu tava falando com ela ficava num estado eufórico e estava extremamente motivado, porém quando via que ela demorava pra responder ficava num estado muito depressivo. Ela também diariamente ficava em call com um colega nosso (pior que ele era um zé droguinha k k) e isso me deixava muito fudido emocionalmente.
Com o tempo começamos a nos falar menos (normal, pois conversávamos todo dia) e descobri que ela gostava de um outro mlk de outra turma (zé droguinha repetente também KKK) e mesmo sabendo que ela já gostava dele antes de me conhecer isso me deixou mais mal ainda. Mesmo com tudo isso, continuava com essas variações de humor quando falava com ela e quando não falava, porém de um modo mais extremo, muitas vezes até pensando em suicídio. E era justamente isso que me impedia de criar intimidade com ela, era por isso que ela preferia os "zé droguinhas". Eles não estavam ligando pra ela, e para mim ela era única, eu sabia que não iria achar outra moça como ela tão facilmente. Isso me impedia de ser natural e de não tratar ela como a última pessoa do mundo, mesmo que eu tentasse isso é sútil e faz toda a diferença.
O tempo foi passando e eu estava perdido, sem saber o que fazer. Cheio de informação e sem saber como aplicar, e ai entra outro erro meu. Fiquei vendo diversos vídeos sobre conquista chegou um ponto que não sabia o que por na prática, se me declarava pra ela ou deixava rolar, se dava atenção para ela ou vivia minha vida normalmente pra mostrar para ela que ela não era prioridade arriscando perder contato com ela, etc. E eu acabei ficando nessa inércia, continuava falando direto com ela mas não conseguia evoluir na relação, pois sempre que tentava algo como iniciar um flerte ela meio que se esquivava. Assim foi até que um dia descobri que ela não estava mais apaixonada, e achei muito estranho pois nem sabia que ela estava. Fiquei feliz pois melhor para mim, porém o cenário mudou completamente quando descobri que na verdade ela estava apaixonada por mim.
Isso me deixou pior do que eu já tava, pois eu fiquei me sentindo um lixo por ter perdido a oportunidade. Tipo, não importava o que eu fizesse tinha grandes chances de dar certo porque ela tava fucking apaixonada por mim, porém eu não fiz simplesmente nada. Isso explica também o motivo dela se esquivar quando eu tentava algo, porém avaliei a situação e era muito óbvio o interesse dela em mim, só que eu estava com tanto medo de agir que ignorava os sinais. Mas mesmo assim em todo esse tempo nunca paramos de nos falar, somente tinha algumas pausas temporárias e agora tinha percebido que ela estava diferente, parecia não ligar tanto pra mim.
Não bastasse isso, nesse mesmo período descobri que iria me mudar no fim do ano. Isso conseguiu me deixar pior ainda, mas ao mesmo tempo feliz pois seria para Florianópolis. Aos poucos fui perdendo o sentimento por ela e consequente a motivação para manter meus hábitos. Voltei a ficar mais tempo no computador, a consumir pornografia (bem menos que antes), no fim o único hábito que consegui manter foi o da leitura. Pior que nesse tempo eu estava estudando a obra de Nietzsche e acabei me tornando niilista, nenhuma crença fazia sentido para mim, nem a vida. Para completar, estava tendo muitos atritos com minha família.
Então formou um combo: eu tinha perdido a oportunidade de ficar com ela, descobri que iria me mudar e perder o contato com todos meus poucos amigos e que iria possivelmente nunca mais ver ela, não via sentido na vida (mesmo com bastante conhecimento sobre religião, espiritualidade, etc.), e ainda estava com problemas em casa. Pelo menos como eu já tinha conseguido melhorar no quesito social por causa desse tempo em que busquei me aprimorar, pelo menos na escola eu ficava até que bem e socializava com geral.
Como eu sabia que iria me mudar, resolvi meter o fodase. Passei a não ligar pra opinião dos outros, falava com bastante gente e não estava me importando muito com desenvolvimento pessoal. Até que um dia eu estava chegando em casa e meu vizinho que era meu melhor amigo de infância me chamou pra casa dele. A gente não se fala muito pois eu tinha virado mais "nerd" e ele tinha se tornado mais "zé droguinha", mas nos dávamos bem até. Cheguei lá e tava ele e mais dois amigos, logo ele me ofereceu uma garrafa de Coca-Cola com um líquido estranho dentro e disse pra eu beber. Logo me liguei no que poderia ser, e como não estava lingando bebi tudo e ai eles me disseram que era MDMA dissolvido e que em alguns minutos o efeito iria começar. O máximo que eu já havia usado foi maconha em bong, mas isso era outro nível. Foi a melhor sensação que eu havia sentido na minha vida. Fritamos muito, os amigos dele que já eram meus conhecidos gostaram de mim e assim eu voltei a falar com esse meu amigo.
No outro dia fui pra escola sentindo um forte vazio existencial que é normal sentir depois de usar uma droga como essa, porém isso não era problema pois as 8 horas em que o efeito da droga geralmente dura valem a pena. Então, como voltei a falar com esse meu amigo conheci outros amigos dele e sem querer querendo eu estava me tornando um "zé droguinha". Não um zé droguinha no estilo favelado brasileiro, mas num estilo mais Lil Peep (que é um artista que eu ouvia pra krl na época e ainda escuto um pouco). Começou com eu indo na praça e fumando maconha e com o tempo foi piorando..
Antes disso tudo eu havia entrado numa "escola de autoconhecimento" na qual eu continuava indo mesmo depois de tudo isso ter acontecido eu ainda tinha um pouco de motivação para me auto-desenvolver. Então chegou a um ponto em que uma hora eu estava fumando em um bong e logo depois lendo um livro sobre desenvolvimento pessoal, uma hora eu estava meditando nesse curso de autoconhecimento e no outro dia estava bebendo e jogando sinuca em um bar. Eu estava completamente dividido.
Até que teve uma vez em que meu vizinho estava fazendo uma social com uns amigos e eu decidi ir ali, isso já era mais ou menos meia noite. Logo que cheguei já vi uma movimentação estranha e chegou um cara que eu não conhecia lá e tirou um pino de cocaína do bolso e foi fazendo as linhas. Todos começaram a cheirar e chegou na minha vez. Fiquei muito na dúvida, mas sempre que ficava na dúvida entre fazer algo ou não me lembrava dos anos em que perdi na frente de um computador e ia lá e inconsequentemente fazia (isso só não funcionava com a moça que eu estava apaixonado k k). Depois decidimos ir na praça e no caminho o meu amigo foi me falando da situação, disse que era a movimentação tava meio agitada pois era a terceira vez que tinha ido pegar pó e estavam sem dinheiro e o traficante disse pros caras que tinha ido pegar deixarem o relógio e o moletom com ele de garantia e que se eles não pagassem ele no outro dia ele iria matar eles. Nisso eles já estavam com uma dívida de uns 100 reais e todos estavam sem dinheiro, então decidi ajudar com os 20 reais que eu tinha sobrando e alguns deles iriam vender fones de ouvidos e carregador na estação de trem para conseguir juntar uma grana e pagar o plug.
Se você se pergunta o que os usuários ficam fazendo de madrugada drogados, é decepcionante. Ficavam falando sobre futebol, fazendo batalhas de rimas, falando sobre mina e essas coisas. Depois nós fomos dar uma volta pelo bairro, fumamos maconha e voltamos para casa e isso já era umas cinco horas da manhã. Cheguei, fui dormir e acordei as 06:30 para ir para o colégio, possivelmente ainda no efeito da maconha. As pessoas do colégio já tinham notado que eu estava diferente e algumas suspeitavam que eu estava usando drogas (de fato, eu estava), porém eu nunca tinha chegado a comprar droga, sempre usava se estava com alguém que tinha e não tinha criado nenhuma dependência. Algo que ajudou a acharem isso foi eu ter mandado uns áudios bêbado para aquele grupo em que conheci aquela moça e uma guria mandou no grupo da turma alguns desses áudios no grupo da turma (nunca mandem áudio bêbados, sério).
As pessoas da minha turma diziam me achar estranho pois no início do ano acreditavam que eu era um nerd que não falava com ninguém e agora eu conversava com todo mundo e que era um possível zé droga. E foi realmente isso que aconteceu, eu tinha parado de desperdiçar minha vida na frente de um computador e passei a desperdiçar queimando meu neurônios. Minha mãe sempre foi protetora e com razão suspeitava de mim, porém não achava que iria me envolver com essas coisas pois sempre fui tranquilo quanto a isso e também por que isso não é muito coisa de alguém que fica a maior parte do tempo no computador.
Um dia uns me chamaram para ir na praça e depois no bar jogar sinuca. Cheguei lá e eles estavam com um pino de pó, e como eu não tinha sentido bem os efeitos na primeira vez não liguei e usei de novo. Logo depois fomos para o bar e como eu estava com dinheiro decidimos comprar uma garrafa de vinho e jogar sinuca. Tomei dois copos e meio e lá estava eu, o nerd beta gamer cheirado e bêbado de vinho num bar kk. Foi uma sensação ainda melhor do que no MDMA, eu estava me sentindo um semideus, não ligava pra nada e falava coisas sem sentido. Porém, eu tinha que ir pra casa cedo e eu estava tão alterado que nem medo de chegar em casa naquele estado eu conseguia sentir, mas sabia que tinha que evitar ao máximo o contato (algo que eu já estava acostumado). Cheguei lá e vi que minha mãe já estava meio desconfiada então tentei evitar o contato mais ainda, depois fui pro computador e fiquei ouvindo música, as músicas pareciam 300% melhores enquanto eu estava naquele estado.
Fiquei um tempinho sem usar nada além de maconha as vezes e um dia fui na casa do meu amigo e notei que eles não estavam usando nada, mas tinha uma lata com um furo e já me liguei no que era, o famoso lança de baixo custo, vulgo loló/sucesso. Eu não tinha muito conhecimento sobre essa droga, só sabia que o efeito durava pouco e forte. Por isso, imaginei que fosse relativamente leve comparado a outras que já tinha experimentado. Experimentei e logo senti o famoso "tuin", meus pés e mãos começaram a formigar, meu batimento cardíaco aumentou e fiquei extremamente eufórico. Porém, depois de uns minutos o efeito passou e fiquei com uma certa dor no peito.
Vi que essa droga era muito mais forte do que eu pensava e decidi ir pesquisar sobre os efeitos colaterais dela e descobri que na verdade o que eu usei foi spray anti-respingo de solda, considerado um "crack dos inalantes" e que eu poderia até ter morrido se tivesse inalado mais. Então depois disso decidi não usar mais drogas (demorei kk), até por que eu iria me mudar em mais ou menos um mês.
E assim foi, com o tempo fui melhorando meu emocional e aprendendo a conviver com meus arrependimentos. Já faz uns 3 meses que estou morando em floripa e uns 7 em que me apaixonei por aquela moça, é bizarro pensar que tudo que aconteceu depois disso enquanto eu ainda morava no RS aconteceu em mais ou menos 4 meses. Estou tentando repor os hábitos e por alguns outros na minha rotina para meu desenvolvimento pessoal e pôr em prática o que aprendi depois de tantos livros lidos e tantos vídeos de auto-desenvolvimento assistidos. Por mais que tenha sido um período bem difícil, foi o período na qual mais aprendi e agora consigo equilibrar meu lado "nerd" e meu lado "zé droguinha", chegando a um equilíbrio. (OBS: perdi o bvl e a virgindade, finalmente).
Escrevi isso só para organizar toda essa série de acontecimento na minha cabeça, pois até hoje eu nem tinha entendido direito o que aconteceu, as coisas ficam muito vagas somente no plano mental. Se tu leu esse texto mau escrito até aqui tu é um guerreiro, pois nem eu to com vontade de ler tudo isso.
Algumas dicas que vou usar para mim mesmo, baseado no que extrai desse período da minha vida:
-Se quiser conquistar alguém, seja você mesmo e não torne a outra pessoa o centro da tua vida.
-A mentalidade de pensar "eu vou morrer mesmo" pra alguma decisão é boa, se usada conscientemente. Memento mori, carpe diem.
-Quanto maior o extremo de algo pior seus efeitos colaterais, e isso é uma lei. As drogas demonstram isso bem, pois quanto melhor o efeito e maior a acessibilidade da droga pior são seus efeitos colaterais. Ser um "nerd" é ruim mas tem seu lado bom, com ser "zé droguinha" não é diferente. A chave é o equilíbrio.
-São nas piores situações que mais evoluímos.
-Mais vale um livro compreendido e praticado do que 30 simplesmente lidos.
-Cuidado com as influência que recebe. Certamente se eu não ouvisse Lil Peep e não andasse com quem estava andando não teria sequer tocado numa droga KKK.
-Uma conversa aleatória com uma pessoa desconhecida pode mudar toda tua vida.
-Hábitos bons vão te ajudar muito, mas não vão fazer nada por ti.
-Não espere pelo momento perfeito para agir.
-Não fique devendo pro traficante
submitted by ihattori to desabafos [link] [comments]

9 Maneiras de Estimular a Sua Libido de Forma Totalmente Natural

9 Maneiras de Estimular a Sua Libido de Forma Totalmente Natural
caso o seu tempo no colchão, juntamente com o seu parceiro, não seja tudo o que gostaria que fosse, leve o coração à letra.

disfunção sexual masculina!
Ter um encontro com a sua companheira - para se lembrar de todas as razões pelas quais gosta de todas as diferenças e para relaxar ao ser comido e jantado - pode ser uma abordagem excelente para estimular a sua libido, diz Anita Sadaty, MD, uma ginecologista holística em Roslyn, grande maçã.

Essa é uma das muitas abordagens naturais que os especialistas dizem que você pode melhorar o seu estilo de vida sexual.

associado: remédio sexual: O que mulheres e homens devem entender

Os motivos médicos podem estar na origem de problemas sexuais ou de desinteresse
De direcção, pode haver um motivo científico para que o seu estilo de vida sexual esteja a marcar passo. Diabetes, problemas de tiróide, a maioria dos cancros e problemas cardíacos podem diminuir a preferência sexual. Problemas nervosos, endometriose ou outros problemas podem fazer com que as relações sexuais sejam dolorosas para as mulheres. E medicamentos seguros - como alguns para stress sanguíneo, melancolia, tensão, ou mesmo começar a gerir - podem, adicionalmente, inibir a escolha.

relacionados: Desconstruindo a pressão da relação sexual: O que a sua libido diz aproximadamente a sua aptidão

É por isso que é vital fazer um check-up clínico caso esteja a sentir sinais e sintomas que afetem o seu estilo de vida sexual e que a sua situação seja bem tratada. pode ainda perguntar ao seu médico se é viável mudar o seu remédio para algo sem um efeito secundário sexual.

1. Faça da entrada na disposição para o sexo uma prioridade

Ocasionalmente, ter maiores e melhores relações sexuais exige realmente que se limpe o seu horário. "É difícil estar com disposição quando se tem 1.000.000 coisas na lista de afazeres e não há muito tempo para o fazer", diz o Dr. Sadaty.

Programar relações sexuais pode parecer pouco romântico, mas você posicionou o máximo dos seus planos importantes no seu calendário, então por que não sexo? É excelente marcar tempo suficiente para fazer algo relaxante primeiro, em vez de saltar diretamente para a cama, considerando o facto de as raparigas, especialmente, precisarem de se descontrair mais cedo do que a sua libido, diz Sadaty.

2. pinturas sobre os teus pensamentos e palavras A tua mente para uma relação sexual mais elevada

Caso a sua mente esteja a correr um ciclo de comentários sobre os motivos que escolheu pelo caminho - sobre a forma como se deve sentir responsável pelas relações sexuais ou talvez que o seu quadro seja simplesmente demasiado gordo ou feio ou, gentilmente, qualquer coisa - é altura de o antecipar no seu caminho. reconhecer o conceito enquanto ele parece e mudá-lo para um conceito mais útil.

Isto facilita a sua existência sexual porque, como meta-avaliação publicada na revista internacional de psicologia clínica e da saúde encontrada, os seres humanos com atitudes extra abertas sobre o sexo são mais capazes de descobrir a sua sexualidade com a sua culpa. (1)

3. Não negligencie o uso de Lubrificantes para uma melhor relação sexual

o sexo pode ser extra agradável no caso de carregar um lubrificante, que reduz a fricção e a irritação e, consequentemente, a dor, dizem os ginecologistas. pode comprar um lubrificante de boa reputação na farmácia ou utilizar um óleo doméstico como o óleo de coco (certifique-se de utilizar um preservativo sem látex no caso de fazer bricolage devido ao facto de estes óleos poderem danificar o látex).
Não tente cobrir a sua necessidade de um lubrificante do seu cúmplice. Torne-o parte do seu habitual sexual e divirta-se com ele.

4. Passe o seu corpo para melhorar a sua vida sexual.

pode não assumir que o treino que faz para o seu coração e massa muscular é vital para o sexo exacto, no entanto tenha em conta que o sangue flui tanto nos seus genitais como no seu coração coronário.
Os homens com disfunção eréctil (DE), por exemplo, podem de vez em quando reverter este problema com um modo de vida saudável que inclua exercício, de acordo com um exame publicado no Diário do Remédio Sexual. (2) Mesmo nos homens que necessitam de medicação para a DE, os investigadores descobriram que os ajustamentos de um estilo de vida saudável aumentam provavelmente as vantagens.
  1. Dormir o suficiente para o sexo correcto
O sono é outra coisa do estilo de vida que afecta a libido. Um dos motivos é que a secreção hormonal é gerida através do relógio interno do organismo, e os estilos de sono provavelmente ajudam o quadro a decidir enquanto se lançam hormonas positivas associadas à relação sexual.

Tanto para as mulheres como para os homens, sentir-se desgastado quando se entra na cama zaps alguma coisa de libido pode ter tido até momentos de antecedência.

Além disso, para os homens, dormir o suficiente pode aumentar o nível de testosterona (um nível decrescente pode estar associado a disfunção sexual), em linha com uma avaliação publicada dentro dos estudos mentais da revista. (3)

associado: Porque não tens agora relações sexuais extremamente boas, e a forma como podes alternar Isso

6. exercício Mindfulness - e Yoga - para apostas

pode parecer que o sexo é o exercício final da atenção, e mesmo como o orgasmo é bastante (provavelmente ninguém fez a sua lista de mercearias ou deliberou um documento de trabalho nesse segundo), pode distrair-se através de pensamentos aleatórios no tempo que leva até esse orgasmo.

Manter a sua atenção no que está a fazer e a sentir é uma forma poderosa de aumentar o seu prazer. Num exame feito por investigadores canadianos, publicado em Novembro de 2016 nos ficheiros de conduta sexual, as mulheres afectadas por disfunções sexuais relacionadas com tensões aumentaram significativamente a sua capacidade de resposta sexual depois de terem sido educadas em consciência. (quatro)

Da mesma forma, a prática do yoga em quadro mental pode ajudar a sua libido. Enquanto a uma coleção de 40 mulheres foi dito para praticar uma hora de yoga por dia, a sua classificação média num questionário de características sexuais para preferência, excitação, lubrificação, orgasmo, dor mais baixa e prazer geral aumentou, de acordo com a investigação publicada dentro da revista de Remédio Sexual. (cinco) As posturas de yoga que faziam eram posturas primárias que se acreditava que melhoravam o tónus muscular pélvico, lançavam articulações da anca apertadas, e melhoravam o temperamento, observadas com a ajuda de actividades físicas respiratórias e estratégias de relaxamento.

7. Não esquecer as medidas de acupunctura para melhorar as relações sexuais

O histórico exercício de acupunctura em língua chinesa, no qual um praticante localiza estrategicamente agulhas no corpo, também pode embelezar o seu estilo de vida sexual. Equilibrar e relaxar o corpo com acupunctura tem sido usado há muito tempo para melhorar a libido, diz Baljit Khamba, ND, médico naturopata e professor assistente de medicação naturopática na Universidade Bastyr da Califórnia, em San Diego.

Khamba coautor de um estudo publicado dentro da revista de medicamentos alternativos e complementares onde 35 homens e mulheres com disfunção sexual, provavelmente devido aos antidepressivos que têm tomado, foram tratados com 9 sessões de acupunctura. no final, a libido tinha progredido nas mulheres, mesmo quando a erecção, o momento da ejaculação e a capacidade de orgasmo tinham sido mais adequados nos homens. (6)

8. Veja o que alguns Afrodisíacos podem fazer por si

algumas ervas são utilizadas pelas culturas em torno do sector como afrodisíacas. acredita-se que algumas estimulam os nervos nos seus genitais; outras, os graus de crescimento do óxido nítrico, que irá aumentar o fluxo sanguíneo para os genitais, e as substâncias químicas que se sentem mais propícias à sensação na sua mente.

Algumas destas ervas incluem ginseng, Cordyceps, gingko biloba, e muira puama em língua chinesa.

As drogarias e as lojas de produtos alimentares saudáveis comercializam de vez em quando produtos para a saúde sexual que são uma combinação de ervas e suplementos dietéticos, incluindo o aminoácido L-arginina. Um olhar sobre este tipo de mercadoria, ArginMax para mulheres, transformado em publicado na revista de sexo e remédio conjugal. (7) Determinou que mais de dois terços das raparigas que tomam este produto - que incorpora ginseng, ginkgo biloba, damiana, nutrientes, minerais e L-arginina - declararam um crescimento na escolha sexual e no deleite sexual universal.

9. Masturbar ou Auto-estimular para uma melhor relação sexual

Ao usar a experiência em si mesmo, você pode chegar mais alto e perceber o que o satisfaz sexualmente - fatos que você poderia então entregar ao seu parceiro.

relacionados: A verdade aproximadamente oito Mitos de Masturbação e Auto-estimulação

Para as mulheres, a masturbação também pode ter outros benefícios. A secura vaginal e a dor podem ser reduzidas enquanto se passa tempo a estimular-se.

É por isso que os terapeutas sexuais propõem frequentemente a masturbação como uma ferramenta para as mulheres que têm dificuldade em atingir o orgasmo. pode ser necessário adicionar um vibrador para uma estimulação mais adequada.
#saúdesexual #libido
submitted by Rubens322 to u/Rubens322 [link] [comments]

O Homem que queria ver tudo. (Outro mini-conto de terror)

Sanders era um astronauta. É o que ele sempre quis ser durante toda sua vida. Depois de anos de treinamento que pareceram durar para sempre, Sanders foi, finalmente, escolhido para não só ser o primeiro homem a buscar outros planetas habitáveis no Espaço Profundo, como também foi o primeiro humano escolhido para pilotar e liderar a nave Zeus-11, com uma população de 100 tripulantes altamente treinados a bordo. Haviam médicos, soldados, engenheiros, eletricistas, biólogos, tudo o que um grupo de expedição poderia precisar ou querer. A nave era equipada com uma partícula de matéria negra descoberta em 2245 e aperfeiçoada somente em 2267, essa partícula permitia que a nave dobrasse o espaço através dele mesmo, em vez do contrário. Basicamente transformando o Espaço Sideral inteiro em uma grande escada rolante, permitindo que fosse poupado combustível, tempo e dinheiro, já que não haveria necessidade para combustível além do necessário para a partida da Terra. Por conta disso, a velocidade alcançada era 10x maior que a velocidade da luz e isso nem era, sequer, a metade da potência da partícula de matéria negra, mas como a "bolha" que a matéria criava em torno da nave ainda era instável em velocidades maiores, todos os cientistas responsáveis concordaram que seria melhor não ativar a potência inteira da partícula. Sanders estava de acordo com essa decisão, não havia motivos para tomar riscos desnecessários, claro, isso faria que ele e a tripulação ficassem alguns anos em Crio-Sono por causa dos anos que demorariam para chegar ao destino, porém, qual seria o problema em dormir um pouco, não é mesmo? Afinal, para eles, pareceriam só alguns segundos.

Seu corpo molhado e pegajoso com o líquido da Câmara Criogênica parecia frio ao toque, apesar dos procedimentos para aquecê-lo que a Câmara usou, ou melhor, deveria ter usado. Algo estava errado. E Sanders não precisava de um corpo gelado para saber disso, muito menos fitar o escuro de sua nave através do vidro da Câmara. Não, Sanders sabia que algo estava errado pois sentia em suas entranhas. Com uma mão trêmula e pegajosa, ele alcançou a alavanca manual, e com um esforço descomunal para um homem de 32 anos, ele conseguiu puxar a alavanca e a porta de sua Câmara pulou para fora com um sonoro 'FUUMP'.

O capitão da Zeus-11 colocou um pé para fora e, cautelosamente, tocou o chão frio de alumínio e titânio, tocou seus cabelos loiros e respirou fundo, tentando se lembrar da ultima coisa que havia acontecido. Nada veio a sua mente, mas ao inspirar o ar gelado e sintético da nave, seus instintos começaram a gritar, suas entranhas pareciam derreter e sua língua sentia a eletricidade estática no ar. Algo, definitivamente, estava errado.

Ao perambular e cambalear pela Cabine do Capitão, Sanders notou a ausência de seus co-pilotos, suas Câmaras jaziam vazias ao lado de seus postos, talvez eles tenham saído mais cedo para preparar a nave? Mas se fosse assim, por que eles não o acordaram também? Com um medo obscuro vagando em sua mente, Sanders acendeu a luz da Cabine e deixou os olhos se acostumarem com a iluminação que piscava. Falha na fiação talvez? Ele precisaria chamar um eletricista o quanto antes. Se vestiu com suas roupas de capitão e pôs-se a trabalhar; arrumou as cadeiras, ligou todos os sistemas, abriu as comportas de metal para poder observar lá fora e fez todos os testes necessários. O espaço lá fora era somente escuridão, o que era claramente esperado, não havia nenhum planeta, sistema solar, ou estrela por perto, bem, talvez isso fosse um exagero, havia, sim, uma estrela por perto. Uma Gigante Vermelha à, no mínimo, dois anos-luz de distância, Sanders tirou os olhos do monitor e observou lá fora, ele conseguia ver o pontinho vermelho e brilhante da Gigante Vermelha. Mesmo sendo algo tão lindo, seu corpo inteiro estremeceu e seus joelhos quase cederam, um arrepio passou por suas costas e seus instintos voltaram a gritar. Ele respirou fundo, uma, duas, três vezes, até se acalmar, fez o melhor que pôde para ignorar aquele sentimento de desgraça iminente e voltou a checar todos os sistemas. Apanhou seu gravador e, sob a luz que ainda piscava na sala solitária, ele começou a gravar o primeiro áudio-diário da missão:

"Dia 1 da Expedição de Zeus-11, a data é.. humm..", Sanders lembrou de que ainda não havia checado a data. Apesar de o Computador estar programado para acordá-lo 11 anos após a partida da Terra, ele não checou para ter certeza. "Computador! Qual é a data em que nos encontramos?"

Luzes azuis piscaram no monitor e com uma voz robótica e monótona, o Computador respondeu:

"Bom dia, capitão Sanders. A data atual, com base no Planeta Terra, é dia 21 de Dezembro do ano 2464. Já se passaram cento e oitenta e quatro anos desde a Partida do Planeta Terra."

Sanders parou a gravação e coçou a cabeça, "Computador, cheque novamente, esta data está errada."

"Positivo. Checando novamente, aguarde." Mais luzes azuis piscaram, "Checado novamente, nenhuma mudança."

Sanders começava a se irritar, "Pois então cheque de novo!"

Mais luzes piscaram.. "Nenhuma mudança."

Sanders respirou fundo, "Computador, eu mesmo lhe programei para acordar a mim e toda a tripulação em 11 anos após a Partida. Se passássemos disso, poderíamos acabar com sequelas no cérebro e nos órgãos, além do fato de que estaríamos muito mais longe de nosso destino. Se passaram 184 anos e a nave continuou a se mover, então significa que estamos à bilhões de anos-luz da Terra! Então.." Sanders sentou-se na cadeira do capitão e cobriu os olhos com as mãos, "Por favor.. cheque de novo."

Luzes e então.. "Nenhuma mudança."

O instinto gritava mais alto, seus joelhos estavam moles, Sanders não conseguia acreditar. E então o calafrio se instalou veementemente em sua espinha conforme seus olhos fitavam o monitor respondendo a um de seus check-ups. O texto na tela era simples e fácil de se ler, um só número, nada mais. Um grande e vermelho número.

Do monitor, se lia a seguinte frase:

"Bio-Análise concluída. 1 (uma) vida(s) a bordo."


Mas como..? Como era possível? Ele realmente era o único na nave inteira? Impossível! Sanders tropeçou ao se levantar da cadeira em um pulo, ele se apoiou na mesa e notou alguns números mudando, mas não lhes deu atenção; ele precisava saber! Ele correu até a saída da Cabine, o Computador o reconheceu e abriu as portas de metal, lá fora o corredor silencioso o convidava a adentrar a viscosa e impregnável escuridão do resto da nave.
"Olá?! Tem alguém acordado?!", Sanders gritou e somente ouviu seu eco o respondendo. ele agarrou a lanterna do Kit de Emergências na parede e a ligou. Mesmo com o feixe claro de luz, a escuridão não cedia, era impenetrável, não conseguia se ver nada além de um passo de distância.

"Computador, ligue as luzes do corredor A-1", Sanders comandou.

As lâmpadas piscaram e apagaram novamente.

"Computador! Ligue-as agora!"

Nada aconteceu. Somente o eco o respondia.. "Agora... gora... ora..."

"Computador!"

Nada. Só o eco.. "Computador... tador... dor... dor..."

"Droga!", Sanders gritou e o corredor repetiu suas palavras. Reunindo o resto de coragem, o Capitão da Zeus-11 adentrou a escuridão.

Tremendo a cada passo, o homem passou de corredor em corredor com sua fiel lanterna, olhando em volta e gritando por alguém, qualquer um, porém, ninguém o respondia. Ele chegou na praça de alimentação, quando a nave foi inaugurada e lançada ao espaço, ali fora um lugar divertido, repleto de pessoas rindo e comemorando, agora era um lugar deserto e inóspito, quase hostil.

"Olá..? Eu estou sozinho..?"

O eco o respondia.. "sozinho... sozinho... sozinho..."

"Computador!", Sanders chamou.

"Sim, capitão?", a máquina respondeu pelos interfones nas paredes.

"Eu estou sozinho?" ("sozinho...sozinho...sozinho...")

Um segundo se passou e a voz robótica respondeu com clareza: "Não, capitão."

O astronauta que lutou tão arduamente para chegar onde estava franziu o cenho, mas abriu um leve sorriso: "Como assim?"

"Há outra presença a bordo da Zeus-11 além do senhor, capitão."

"O quê? Onde?", o capitão bradou, agora com as esperanças renovadas. Talvez tivesse acontecido uma falha no check-up, afinal. Ou talvez evacuaram a nave e agora voltaram por ele?

"Na Cabine do Capitão, senhor."

Sanders soltou o ar que esteve, sem perceber, segurando, mas ele não tinha acabado de sair de lá? Alguém passou por ele despercebido? Não importa, pelo menos não agora, ele precisava voltar lá.

"Okay! Obrigado, Computador!", Sanders saiu correndo em direção a Cabine. Talvez ele estivesse animado demais, talvez simplesmente não tivesse prestado atenção, mas ele não percebeu que, dessa vez, dessa única vez desde que ele saiu de sua Câmara, o eco não respondeu ele.

Ele tropeçou três vezes antes de chegar a Cabine, quando chegou, ele abriu um sorriso esperando ver sua co-pilota ou seu segundo em comando, no mínimo. Mas não. Não havia nada ali. Ninguém. Somente números piscando em vermelho no monitor.

"Computador, cheque por sinais vitais." Sanders estava a beira das lágrimas

"Checando......" um zunido e: "Dois sinais vitais encontrados."

Sanders sentava-se na cadeira do capitão novamente e checava os números sem sentido que apareciam na tela, "Cheque de novo."

Um zunido, "Não é necessário."

Sanders estava distraído com os números na tela e não notou o brilho que se espalhava por toda a cabine, não, por toda a nave. Ele simplesmente não conseguia entender, ele não ativou a partícula de matéria negra e ele tinha certeza que não sentira a nave ligou ou se mover, então como podia? Como a distância podia ter diminuído? "Computador, cheque de novo."

"Não há necessidade, capitão."

"Como?" Sanders não havia tirado os olhos da tela, todos os pelos de suas costas até a nuca estavam arrepiados, sua barriga estava fria, seus instintos agora imploravam.

"Ele está aqui."

"Computador, do que você está faland...." e então Sanders finalmente olhou para cima, para o vidro e para o que devia ser o espaço lá fora. Porém, não havia espaço lá fora. Só havia o brilho vermelho que se espalhava por toda a nave, hipnotizando o capitão incrédulo.

"Ele está aqui, capitão."

E Sanders finalmente entendeu. Foi um erro ter vindo aqui, foi um erro ter explorado tão profundamente. Foi um erro. Sanders tentava gritar mas não conseguia, ele não conseguia parar de fitar aquilo por trás do vidro. Um imenso olho vermelho e brilhante. Claramente fazendo parte de algum corpo ainda maior, porém, impossível de ser observado através do que, em comparação, era uma minúscula janela. O brilho vermelho engolia a nave inteira e o olho tinha como único alvo o amedrontado e lamentável Capitão da Zeus-11.

Sanders o viu. Viu o vermelho. Viu a escuridão. E então... viu nada. Um segundo se passou e Sanders não existia mais, deixando somente uma nave vazia a deriva. Estéril e imaculada.
submitted by IgnusIncubus to EscritoresBrasil [link] [comments]

A IMPORTÂNCIA DO COLÁGENO PARA OS SEUS CABELOS

A IMPORTÂNCIA DO COLÁGENO PARA OS SEUS CABELOS
facebook.com/gade.nutrition

Você sabia que um dos principais sinais da ausência de colágeno no organismo é o enfraquecimento dos fios de cabelo, o que resulta em quedas frequentes, opacidade e até mesmo estrutura fragilizada?
Sim, isso é verdade! E por esses motivos e outros que vamos abordar aqui rapidamente, o consumo diário do colágeno é essencial na manutenção de cabelos saudáveis e bonitos.
CONFIRA:
Entre os principais benefícios do colágeno para os cabelos podemos frisar:
• Raízes e fios mais fortes;
• Crescimento mais saudável dos fios;
• Combate aos radicais que destroem a textura dos fios;
• Auxilia na retenção de água, fortalecendo as cutículas e diminuindo a queda;
• Aumenta a hidratação fio a fio, contribuído para um cabelo mais encorpado.
Sua produção natural varia de organismo para organismo e pode ser reduzida por estresse, perda repentina de peso, uso de alguns medicamentos, produtos químicos, baixa nutrição e outras causas.
É sempre importante ressaltar que você consulte um nutrólogo ou nutricionista para uma avaliação sobre os níveis de produção de colágeno no seu organismo. Só então ele poderá orientar-lhe de forma mais adequada sobre um possível tratamento, no entanto, alguns suplementos como o breve lançamento da Gade Nutrition (Hair Support), são capazes de auxiliar na reposição dessa substância.
Lembre-se: usar produtos com colágeno em sua composição é essencial para manter a saúde dos seus cabelos. Assim como a queratina garante a força e resistência do fio, o colágeno auxilia na sua elasticidade e flexibilidade, dando aos seus cabelos uma aparência mais saudável e bem cuidada...
Já contra o ressecamento, o colágeno é o responsável por criar uma película protetora em volta da fibra capilar, protegendo os fios da ação do sol, secadores, pranchas de alisamento e até mesmo do vento.
Agora que você já conhece um pouco mais sobre esse aliado para seus cabelos, que tal aguardar o lançamento do novo Hair Support Gade Nutrition, que além de outras substâncias essenciais para cabelos mais saudáveis, contará com 350mg de colágeno em sua fórmula?
Dá uma olhada lá no nosso Facebook https://www.facebook.com/gade.nutrition Preparamos um código promocional de 10% de desconto na sua primeira compra do Hair Support Gade Nutrition.
#cabelos #beleza #hairsupporters #cabelosfortes #suplementos #vitaminas #vitaminasparaelcabello #multivitaminas
submitted by Gade_Nutrition to u/Gade_Nutrition [link] [comments]

Alguém interessado a fazermos uma checklist de tudo o que o Costa (parecido ao Trudeaumetre)? [Projecto a decorrer]

Boas tugas!
Para quem não conhece, o Trudeaumetre é uma iniciativa que pega nas propostas do Governo canadiano e ver o que foi feito e não foi feito - a ideia em si surgiu uns anos mais cedo num projecto de melhorar a transparência política no Egipto. Ver realmente o que é ou não mentira, basicamente, e informar o público disso.
Através de text-mining, recolhi todas as propostas do XXI Governo (Governo actual), resultando num ficheiro de 1086 linhas (cerca de 1065 propostas, o restante era má categorização dos dados). Eu pessoalmente verifiquei cerca o Status e Fonte de 30 e cheguei à conclusão que sozinho não chego para preencher tudo em tempo útil.
Já postei aqui algo na mesma área - que acabou por ser algo repetido e então eliminei o post - e até tive bastante interessados e muitos nos comentários pediam por um projecto semelhante ao trudeaumetre. Pois, aqui está! Aos interessados, pedia ajuda a preencherem o estado (Status, no documento) de cada proposta, com um dos seguintes - e com os seguintes critérios:
Estou a tentar tornar isto colaborativo e, com um intuito apartidário, pelo que todas as medidas classificadas relativamente ao Status mas sem uma Fonte para verificar o Status, será reposta de início até se poder validar o estado da proposta. O documento tem version control, portanto poderei sempre recuar atrás caso alguém decida apagar tudo ou mudar tudo e poderão estar descansados dessa parte.
Posteriormente farei um site igual ao do Trudeaumeter!!! O site original em si é uma plataforma que permite replicar a estrutura, mas para outros países, ou seja, só mudando os dados! Depois eles enviam-me um código, coloco a tabela preenchida e teríamos o nosso próprio Governómetro.
Podem encontrar o documento aqui
Força, portugal!
EDIT: Esqueci-me de por isso como pesquisar as coisas, mas basicamente, googla-se bastante com os termos mais específicos na descrição. Fiz muitas com as quais já estava familiarizado, sendo assim mais rápido o processo, mas outros tem nomes esrtanhos/específicos como "aquicultura offshore" e uma pesquisa google "aquicultura offshore governo" leva onde queremos, por exemplo.
Se estiver no diário da república já chega para colocar "Em Progresso". Se falarem nos media na medida ter sido, de facto, aplicada de alguma forma concreta, aí passa a "Cumprido".
EDIT2: Bora equipa!!! Se todos os viewers deste post (1300) pudessem ajudar com a pesquisa e preenchimento do estado de 1 só proposta, já teríamos este documento pronto com site em preparação! Se formos só pelos upvoters, seriam 10 medidas por cada um. Todos juntos poderemos tornar isto incrivelmente rápido!
EDIT3: Temos de momento 84 pontos resolvidos, sendo que isso corresponde 8% do documento todo. Preciso mesmo da vossa ajuda malta porque eu fiz uns 20 hoje mas tenho seleccionado os mais pequenos/fáceis para ser mais eficiente; pelo menos em aparência. Vocês ajudaram-me com 8 medidas tanto quanto percebi, o que em si é 10% do meu trabalho e umas boas 2h de trabalho. Qualquer coisinha que possam contribuir é mesmo um grande ajuda! Obrigado
submitted by creativedoctor to portugal [link] [comments]

Horóscopo do Dia 9 de Agosto de 2019 Previsões Todos Signos

HOROSCOPO DO DIA DE HOJE 9 de Agosto de 2019 SEXTA-FEIRA
https://www.youtube.com/watch?v=sZAjyUOlZno
Seu jeito divertido de consultar HOROSCOPO DO DIA DE HOJE - signos para hoje Bem vindos horoscopo para hoje as Horóscopo do dia. Astros do Zodíaco para seu signo, 08 de Agosto de 2019, horoscopo angels temos novidades dos zodíacos para você.
Veja horoscopo diário grátis o que os astros reservaram para a sua vida em 2019. Lembra sempre: Tudo o que você faz hoje, vai ter impacto no amanhã.
Veja o horóscopo de 2019 Horoscopo do amor. Horoscopo diario. Você pode conhecer o seu futuro no amor de antemão.
A previsão para os sinais do zodíaco para hoje e amanhã no amor. Horóscopo do amor hoje. Horoscopo Agosto.
Leia o seu horóscopo do dia de hoje: uma palavra-chave para começar bem o seu dia. Saiba qual o momento mais favorável para as finanças, amor e saúde, no Horóscopo semanal e mensal, marque qual data é a menos tensa para suas decisões.
███ MINUTAGEM ███
♈ Áries 00:14
♉ Touro 02:29
♊ Gêmeos 04:01
♋ Câncer 05:40
♌ Leão 07:18
♍ Virgem 09:24
♎ Libra 11:13
♏ Escorpião 13:00
♐ Sagitário 14:25
♑ Capricórnio 16:18
♒ Aquário 18:07
♓ Peixes 19:43
#horoscopohoje #horoscopododia #horoscopododiadehoje
Horóscopo do Dia, Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes, Horóscopo Diário, Previsões, Família, Saúde, Dinheiro, financeiro, sentimento, relacionamento, Horóscopo do Dia 9 de Agosto de 2019, Previsões para Todos os Signos, horoscopo de hoje, horóscopo de hoje, horoscopo de amanha, horoscopo do dia, horoscopo, horóscopo hoje, horoscopo do dia folha, horoscopo capricho, terra horoscopo, signos, do dia, de hoje, dia, signoslove97953008904,
submitted by signoslove to u/signoslove [link] [comments]

Como confirmar uma traição: dicas da Elite Detetives | Elite Detetives

Nada machuca mais como a traição de um cônjuge. A maioria dos especialistas concorda que, se o seu cônjuge te trai, a melhor maneira de confirmar isso é contratando um detetive particular.
No entanto, antes de contratar um investigador, fazer uma bisbilhotagem por conta própria também é uma opção.
Dessa forma, a equipe da Elite Detetives separou algumas dicas que você pode usar para confirmar ou esclarecer suspeitas de traição.

Não quebre a lei

Antes de mais nada, a primeira dica do detetive particular da Elite é: não viole nenhuma lei. Procure aconselhamento jurídico antes de tomar qualquer medida que possa violar a privacidade do seu cônjuge. Se você violar a lei e seu casamento terminar mal, seu cônjuge poderá levá-lo a tribunal por suas ações ilegais.
Isso significa que algumas das dicas que você encontra na internet são totalmente ilegais para você. Isso inclui: hackear telefones, redes sociais, contas de e-mail, etc. Sim, você terá a prova do caso, mas estará se expondo a processos judiciais.

Verifique o telefone da pessoa

Os telefones celulares são alguns dos dispositivos mais pessoais que possuímos. Portanto, não é surpresa que seja usado por infiéis na condução do caso. E a maioria aprende a proteger seus telefones desde o início.

Alguns sinais de alerta:

Verifique o histórico do navegador

Se você tiver acesso legal ao computador que eles usam, verifique o histórico do navegador do cônjuge. Isso pode lhe dizer os sites e páginas que eles entram. Visitar sites de namoro e páginas de mídia social que eles mantêm em segredo é motivo de preocupação.
Se eles apagarem o histórico do navegador após o uso, você poderá verificar novamente em uma data posterior. Se eles têm o hábito de limpar o histórico do navegador, é uma boa aposta que eles estão escondendo algo.

Mantenha um diário

Monitore a atividade de seu cônjuge em seu diário. Estes podem incluir viagens ou atividade suspeita de cartão de crédito. Tome nota das viagens que demoraram mais do que o normal, como as idas à loja da esquina que agora levam algumas horas.
A maioria dos traidores usará dinheiro para financiar o caso, uma vez que deixa menos registros – uma alteração nos saques de dinheiro deve ser observada.

Esteja preparado para o que você encontrará

Embora você possa pensar que eles estão trapaceando, também é possível que eles tenham um vício, problema familiar ou outro problema que estão tentando manter em segredo. Tente manter a calma e não entre imediatamente em acusações sem uma prova definitiva.

Como contar com os serviços de detetives particulares de qualidade?

Conte com a Elite Detetives para investigar por você. Nossa equipe de detetives particulares irá resolver seu caso, trabalhamos com investigação conjugal, empresarial, familiar, entre outros.

Conheça a Elite Detetives: https://www.elitedetetives.com.b
submitted by Amanda3exceler to u/Amanda3exceler [link] [comments]

Fanfic muito louca: Nao sei o nome.

Estava pedindo um sinal, de alguma coisa, talvez. Estudei psicologia, entendi alguns sinais que meu corpo mandava e comecei a me estudar, escrevendo diários extremamente sinceros sobre meus pensamentos, para poder saber realmente como funciona o "eu", igual meu antigo "melhor foda da psicologia" Freud. Entendo coisas que gostaria de não entender, começo a me enojar de uma dança automática de "ps" que homens fazem e "tsk" que mulheres fazem. Ouço humanos como se estivesse em meio a animais, finalmente. E isso não era ruim. Não tanto, até que... Percebo o passar de mão na testa. Digo: "Oh, não" Lembro-me dos dez mandamentos: "Oh, não" Entro em grupos estranhos, levam-me a mais grupos estranhos. Aprendo a hackear a mente das pessoas. Começo a ficar assustada. "Eles falam meus pensamentos, eles gritam em resposta, o que está acontecendo?" Volto ao Cellbit, um canal antigo que eu gostava. "oh, não, ele sabia desde sempre!" Vejo o meu vídeo "oh, não, eu sabia desde sempre!" Começo a me comunicar com vídeos do passado do Cellbit, como se conseguíssemos ver um ao outro em outras linhas do tempo. As pessoas todas dizem: "Eu também sei!" Eu digo: "Mas... Como?" Eu fico muito, muito assustada. "Todos sabiam a mais tempo que eu, porque ninguém me ensinou?" Perco a vontade de ensinar tudo. Continuo insistindo em ensinar. Um dia, em uma live, perco-me em lembranças ruins, tudo desmorona, o que eles estavam tentando fazer comigo? Eu fico em choque. "Eu não queria revelar tanto, porque querem saber agora se nunca fizeram nada antes?" Tento respeitar. Jogo-me de vez. Tento chamar atenção, ninguém ouve. Tento morrer, todos ouvem. Mesmo assim me sinto sozinha. Como estar sozinha? Lembro de minha amiga Elaine, o que ela conseguia sentir? Penso em como somos drones, drones de estudo. Vejo os olhos de big brother vermelhos e brancos e verdes. Vejo luzes brancas e minha cabeça dói ao tentar apagar a memória. Tento lutar contra, eles lutam de volta. Imagino como um pódio, ou algo do tipo, jogador número um. Quebro as paredes: "Já fizemos isso" Respondo: "Mas eu não me importo, eu só quero saber como sobreviver nisso" Ninguém diz nada. Apenas riem ou gritam longe. Me sinto inferior e ao mesmo tempo, como se eu fosse zombada, o tempo inteiro. Tento reprimir muito, tudo o que sinto, até porque é uma anomalia, nunca vi tal pessoa pessoalmente. Como poderia? Então volto a gostar dele. Escuto em minha mente: "Como você pode ficar fazendo isso? Estuda. Não volte mais." Depois ouço: "Ele gosta de você" Queria realmente que fosse verdade, mas queria realmente que fosse mentira. Era uma mentira muito boa. Era uma falsa lembrança, riem quando digo isso. Ninguém nunca vai acreditar, mas eu acho que já webnamorei ele. Foi engraçado e foi um sonho louco, mas ao menos, foi um sonho.
submitted by lizziehope to u/lizziehope [link] [comments]

Carta de 2015 revela que PSOL do Rio já se posicionava contra a filiação de Paulo Ramos (o parlamentar que votou pela liberação dos bandidos da Alerj), contrariando a posição da direção nacional

Carta (de 2015) na íntegra:
O PSOL-RJ transformou-se nos últimos anos no principal partido de oposição de esquerda aos governos Cabral-Pezão, Eduardo Paes e Dilma. Recebeu milhares de ativistas sociais e militantes, conseguiu ser um partido vivo e com interlocução com os setores da sociedade críticos ao modelo hegemônico. Virou referência de massas e alternativa tanto para os trabalhadores que estão em conflito direto com o modelo de desenvolvimento predatório e excludente implementado no estado do Rio quanto para setores da intelectualidade e artistas.
No decorrer da semana passada, fomos informados da desfiliação do deputado Paulo Ramos do PSOL-RJ e sua filiação ao partido Rede Sustentabilidade no mesmo dia em que souberam do fato a imprensa e a Assembleia Legislativa. Durante o período que permaneceu no PSOL, o deputado gozou de plenos direitos políticos, teve sua campanha veiculada na TV com tempo prioritário e todas as suas filiações foram aceitas pela direção do PSOL-RJ.
Lamentavelmente, sua pretensão de refiliação sequer foi comunicada à bancada do PSOL da Alerj. Enquanto o deputado esteve filiado ao PSOL-RJ, foi tentado o diálogo para elucidação de questões que, na opinião da direção partidária, são conflitantes com a conduta parlamentar que defendemos para membros de nossa agremiação política. O deputado Paulo Ramos foi sempre muito resistente, negando diálogo e explicações sucessivas vezes.
Logo de início, recebemos um pedido de explicação do Diretório Municipal de Niterói, questionando a presença, na assessoria do deputado, do Sr. José Roberto Vinagre Mocarzel. Sobre Mocarzel, "chefe" de sucessivos governos e operador de Jorge Roberto Silveira, recaem denúncias de enriquecimento ilícito e favorecimento aos interesses da especulação imobiliária em Niterói, em sua desastrada gestão à frente da Secretaria de Obras daquela prefeitura, e em particular durante a tragédia do Morro do Bumba.
Recentemente, surgiram na imprensa denúncias sobre seu envolvimento no caso das contas do HSBC na Suíça. O ex-secretário é alvo de investigação de uma CPI, pedida pela bancada do PSOL na Câmara de Niterói. Também foi convocado pelo Senado para prestar esclarecimentos.
Mocarzel foi requisitado por Paulo Ramos em 10 de setembro de 2013. Em 13 de março de 2015, teve a sua permanência renovada, e somente em 14 de julho de 2015, foi transferido para a Agetransp. O Deputado sempre negou que Mocarzel fizesse parte do seu gabinete na atual legislatura, o que é desmentido pelo Diário Oficial.
Um desdobramento imediato de tal conflito foi a atitude desrespeitosa do deputado frente a uma representação da Direção Municipal do PSOL Niterói, em maio passado. Segundo relato das companheiras que compunham a comissão – que tinha a tarefa de pedir explicações sobre a permanência de Mocarzel no gabinete do deputado – as militantes foram recebidas com grosserias e ironias.
Nos chamou atenção o fato da bancada não ter sido sequer procurada pelo deputado para informar sobre seu pedido de retorno ao partido. Nem mesmo o presidente nacional do PSOL, Luis Araujo, que em carta apelou para que Paulo Ramos reconsiderasse a saída e voltasse ao PSOL, procurou a bancada na Alerj ou a direção estadual para apresentar tal fato.
O inesperado retorno, pelo visto, não veio acompanhado de uma autocrítica de suas antigas posições. Tal impressão se reforçou na última terça-feira, 6 de outubro, no plenário da Alerj, onde Paulo Ramos fez tabelinha com Flávio Bolsonaro – em flagrante contraste com a posição da bancada do PSOL e mesmo de deputados de outros partidos –, no episódio da agressão sofrida pela juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza, da Vara de Execução Penal do Rio de Janeiro, durante visita, dia 1º/10, ao Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar (onde estão presos 221 policiais militares, com fortes indícios de gozar de privilégios que outros presos não têm). Ao vistoriar o local, a juíza sofreu ameaças e foi atacada pelos policiais militares presos, tendo a roupa rasgada e os óculos destruídos.
Paulo Ramos se refere à inspeção de forma absolutamente equivocada. Em discurso na Alerj, afirmou: "[...] Se a decisão [transferência da Unidade Prisional da Polícia Militar de Benfica para Niterói] já estava tomada, a transferência já ia ser consumada, afinal de contas, o que a juíza foi fazer lá? Foi lá fazer uma investigação, uma inspeção, verificar as condições? [...] Eu entendo que foi um ato suspeito, para dizer o mínimo, criar todo aquele espetáculo, aquela orquestração quando a unidade já seria transferida."
A Executiva do PSOL-RJ não concordou com o primeiro ingresso do deputado Paulo Ramos ao partido, não o expulsou e também não o convidou de volta. Suas posições políticas, em contraste com as do PSOL no estado, não são, portanto, de nossa responsabilidade. Que falem aqueles que patrocinaram seu ingresso e o seguem apoiando, mesmo tendo o deputado dado flagrantes sinais de que sua prática política e suas ideias não se encontram em consonância com o que defende nosso partido.
Fonte: Notícia de 2015
submitted by corpoestranho to brasil [link] [comments]

Sinais diários de Libras - YouTube Libras sinal palavra A 20 sinais diários Sinal de CÁLCULO em LIBRAS Libras 10 sinais diários letra c Sinal de HEBRAICO em LIBRAS

Sinais diários Xtreme Traders - Opções Binárias e Digitais Iq Option Finances and Investment Online Courses and Subscription Services São mais de 60 sinais diários, aprenda do básico ao avançado, como criar sua conta na Corretora IQ OPTION, vídeo aulas, acesso ao grupo vip, conteúdos de leitura e também como operar com robô de ... sinais diários [.2.] Sinais, pegadas, oxigénio, rastos na areia e em igarapés, chapinhar as impressões digitais no rio, ouvir uma nuvem. Reinvenções diárias sem azimute, contra o tempo, sem tempo: Sinais diários de SinaisDaGente. No pacote prata nós oferecemos 40 sinais diários de operações em diversos pares de moedas diferentes. Mas antes disso. Todos irão desfrutar de alguns bônus como: - Curso introdutório que ensina desde abrir conta na corretora, mexer nas ferramentas, e fazer uma análise correta do gráfico para confluir com os sinais gerados. De 20 a 60 sinais diariamente com alta taxa de assertividade. Sinais diários – Opções Binárias e Digitais Iq Option é um portal voltado a tendências do mercado. Gráficos estudados diariamente para que possamos elaborar as melhores estratégias. Este é um produto de autoria GoTraders. Por Nelson Rodrigues e Diego Nabetto. Sinais diários – Opções […] sinais diários [.1.] Postado por Vanessa Rodrigues em 30 de Outubro de 2009. 10/10 Dia 54 São 5 horas da manhã. O avião é às 7h10: regresso a Belém para passar o Círio de Nazaré. Tanto pediram que fossemos, que estivessemos, porque era (é) uma experiência única. No final conseguimos estar, graças a César Neves da Unimed Belém ...

[index] [5544] [2986] [5645] [7401] [7953] [4452] [6398] [2168] [3195] [5889]

Sinais diários de Libras - YouTube

Um verdadeiro Discionário em vídeo com sinais de todos os contextos separados por Playlists. Neste canal são postados todos os dias(incluindo domingos e feri... Libras V.36 Palavras Curtas Parecidas Só Mas Mais Melhor Tudo Todos Qualquer Falado e Legendado - Duration: 3:22. Lcani 49,701 views Sinais diários de Libras 1,030 views. 1:01. Sinal de PROVAR em LIBRAS - Duration: 1:21. Sinais diários de Libras 441 views. New; 1:21. 37 Y.O Mom With an ANGEL VOICE Leaves Judge In TEARS! Sinais diários de Libras 893 views. 1:21. Mr. Bean Live Performance at the London 2012 Olympic Games - Duration: 5:37. Olympic Recommended for you. 5:37. Herod's Pagan Temple - Duration: 14:01. Sinais diários de Libras 1,585 views. 0:24. Jovens o Perigo da Tecnologia - Billy Graham Dublado no Ted - Duration: 23:13. Teologia ao Alcance de Todos - Lenilberto Miranda Recommended for you.

http://forex-korea.cryptocurrencyexchanges.store